Coluna Marcela Ribeiro

Erika Januza diz que está "tentando ganhar um pouco mais de corpo" para ser rainha de bateria

Atriz sairá à frente da bateria da Viradouro na Sapucaí no Rio de janeiro e tem chamado a atenção nos ensaios


Erika Januza recria fantasia icônica de Luma de Oliveira para ensaio de rua da Viradouro
Erika Januza recria fantasia icônica de Luma de Oliveira para ensaio de rua da Viradouro - Reprodução/Instagram

Erika Januza, 36 anos, está empolgada com sua estreia na Sapucaí como rainha de bateria da Viradouro. A atriz já teve uma prévia do que a espera durante o show de apresentação da escola de samba que aconteceu na Cidade do Samba neste Carnaval e durante os ensaios de rua. Mas o frio na barriga para valer acontece em abril durante os desfiles da Sapucaí no Rio de Janeiro.

"Não consegui mudar muita coisa na minha rotina, estou tentando voltar a malhar, focar um pouco mais, digo que esse ano vou ser a rainha dedicada. Ganhar corpo, modificar as coisas, não vou conseguir fazer e acho que nem é o caso", explica.

Erika está focada nos ensaios da Viradouro e de um outro projeto, que por enquanto ainda não pode detalhar, mas garante que é diferente de tudo o que já fez. Apesar da correria, quer fazer bonito na Avenida e já tem provado toda sua dedicação ao chamar a atenção nos ensaios, em um deles fez questão de homenagear Luma de Oliveira ao usar uma fantasia com coleira inspirada na que a musa usou em 1998 no desfile da escola de samba Tradição.

Para ganhar resistência, Erika diz que o samba no pé aumenta seu fôlego a cada novo ensaio que participa.

"Minha alimentação sempre foi tranquila, estou tentando só ganhar um pouco mais de corpo porque emagreci 10 quilos para a personagem anterior e estou tentando recuperar. Com a mudança de datas do desfile da Sapucaí, não vou conseguir mais estar tão presente nos ensaios, mas entreguei o máximo que consegui para estar com a comunidade com muita vontade e muito amor".

"Ensaiar as terças e domingos me ajudou muito, no início eu ficava muito cansada, depois com o passar do tempo, isso foi fluindo naturalmente, é muito bom me sentir menos cansada", conta.

Esse ano, a atual campeã Viradouro traz para a Sapucaí o enredo “Não há tristeza que possa suportar tanta alegria”, que promete conquistar os amantes da folia.

"A minha expectativa com a estreia é muito grande. Tenho certeza que vou ficar muito emocionada e feliz. Sou uma pessoa muito empolgada, ligada no 220v, acho que nesse dia vou estar o triplo. Vou ter que me segurar, senão vou passar do setor 1 já exausta de ter gastado na explosão de energia logo no início. Quero estar muito serena e tranquila fazendo muitas orações para que dê tudo certo".

Erika Januza sente o peso da responsabilidade de desfilar pela primeira vez na vermelha e branca de Niterói e quer conquistar o público com sua simpatia e carisma.

"É a atual campeã do Carnaval, a gente está vindo com um enredo lindo contando uma carta de amor para o Carnaval, tenho certeza que toda a Avenida irá cantar. É meu primeiro ano, tem a responsabilidade do que a escola espera de mim, o que espero deste momento e realmente retribuir a oportunidade. A diretoria confiou em mim e a comunidade também, parece que já tem anos que estou na Viradouro e vou entrar com todo o respeito do mundo a todas às maravilhosas que passaram pela escola".

Erika Januza diz que paixão por Carnaval começou assistindo vinheta da Globeleza

A atriz não tem nenhum vínculo direto com o Carnaval ou foi influenciada por algum familiar para curtir a folia. O interesse surgiu assistindo aos desfiles pela TV ainda na infância.

"Minha relação com o Carnaval vem desde criança, sou de Minas, lá não tinha Carnaval assim, nunca fui uma frequentadora de blocos. Mas a minha atividade de criança e adolescente era esperar a vinheta da Globeleza e ficar assistindo os desfiles da escolas de samba. Eu realmente acompanhava e sabia e gostava muito".

"Ninguém na minha família samba, tem relação com o samba, é uma coisa que criei, particular. Quando me mudei para o Rio de Janeiro, a primeira coisa que eu fiz foi procurar uma escola de samba".

E com sorte do destino, seu primeiro papel na TV teve ligação com o Carnaval.

"O destino é tão maravilhoso que o meu primeiro trabalho que completa 10 anos esse ano foi Subúrbia, fui coroada rainha de bateria na série. E agora 10 anos depois consigo realizar o sonho de ser rainha de bateria na vida real, é maravilhoso".

Namorada de Juan Nakamura, filho de Carol Nakamura, Erika conta que o relacionamento está bem e feliz e que eles não têm planos de morar juntos a curto prazo.

"Juan não vai desfilar, só vai me assistir junto com a minha família. Oficializar união agora não, está tudo muito cedo, estamos namorando, ele na casa dele, eu na minha casa e a gente se encontra e está feliz".

Erika Januza diz que está \"tentando  ganhar um pouco mais de corpo\" para ser rainha de bateria

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias