Decisão

Lula vai ao Jornal Nacional; Bolsonaro não

Presidenciáveis se posicionaram sobre convite do JN


Lula fazendo sinal com os dedos e Bolsonaro sério
Lula e Bolsonaro já tem futuro definido no JN - Foto: Divulgação

Fim do mistério. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aceitou o convite e estará na bancada do Jornal Nacional para ser sabatinado por William Bonner e Renata Vasconcellos no dia 25 de agosto. Jair Bolsonaro (PL) recusou e está fora da entrevista.

A Globo confirmou as informações na madrugada desta sexta-feira (05), minutos após vencer o prazo para as campanhas responderem ao convite. Ela informou que, além de Lula, Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) também marcarão presença.

Mais cedo, na noite da última quinta-feira (04), Flávio Bolsonaro (PL) anunciou em suas redes sociais que o pai estaria presente na sabatina do JN. O NaTelinha, porém, divulgou que a emissora havia negado um pedido do presente e o clima estava tenso.

A campanha de Bolsonaro gostaria que ele fosse entrevistado nas dependências do Palácio do Planalto, como aconteceu com o próprio Lula em 2006 e com Dilma Rousseff (PT) em 2014, nos dois casos de reeleição, como ele. A Globo informou ao pedido de que as regras nas Eleições 2022 são diferentes.

Em nota, a assessoria de comunicação da Globo já havia confirmado a história e explicado que, a partir de 2014 a direção de jornalismo optou por realizar sabatinas apenas na bancada para garantir isonomia aos candidatos.

O comunicado oficial do canal confirmou que André Janones (Avante) também havia sido convidado, mas está fora da sabatina após retirar sua candidatura. Não houve resposta, no entanto, se a data disponível para a entrevista dele ficará vaga ou se haverá novo convite.

Lula no Jornal Nacional

imagem-texto

Lula volta ao Jornal Nacional após ter recusado diversos convites da Globo. Ele chegou a ser convidado para participar do Conversa com Bial, mas declinou a proposta e fez até com que o apresentador lhe mandasse uma indireta.

Por diversas vezes o petista afirmou que Bonner lhe deve um pedido de desculpas pela forma como o JN cobriu a Lava-Jato. Lula, inclusive, já havia recusado convite para a sabatina da GloboNews e não participou da Central das Eleições.

Aliados do presidenciável confidenciaram à reportagem que a audiência do JN foi fator decisivo para o aceite de Lula. O programa atingiu em 2018, durante as sabatinas, média de mais de 30 pontos em São Paulo e foi visto por aproximadamente 35 milhões de brasileiros.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias