Planejamento

Guerra? CNN contrata seguranças e treina equipe para eleições

Canal tem adotado medidas para cobrir a corrida eleitoral


Daniela Lima no estúdio da CNN Brasil
Daniela Lima é uma das principais apresentadoras da CNN Brasil - Foto: Divulgação

A CNN Brasil já tem todo o planejamento para realizar a cobertura das eleições deste ano, que acompanhará o dia a dia dos principais candidatos ao longo de 45 dias. Porém, o canal tem total consciência que a disputa eleitoral será polarizada e tomou providências para que os seus profissionais se protejam de possíveis ataques violentos.

“Os profissionais envolvidos na cobertura eleitoral estão sendo treinados por uma equipe de segurança especializada em grandes eventos para evitar situações de violência. A CNN não medirá esforços para defender seus colaboradores e a democracia do país”, explica o Departamento de Jornalismo da emissora.

O veículo contará com dezenas de profissionais, que estarão acompanhando a rotina dos principais nomes que estarão na corrida eleitoral. “A CNN já está acompanhando o dia a dia dos principais candidatos com repórteres exclusivos há cerca de 45 dias. São pelo menos 50 profissionais até aqui diretamente envolvidos na cobertura das agendas”, relata.

A CNN Brasil montou uma cartilha para que os seus contratados sigam na hora de dialogar com os políticos e levem informações aos telespectadores. “A CNN possui um manual que contempla situações como essa. O tratamento seguirá o padrão já conhecido do público: equilíbrio, imparcialidade e independência editorial”, detalha.

O canal ainda destacou que boa parte dos seus telejornais se dedica na cobertura eleitoral.

Debate e sabatinas na CNN Brasil

imagem-texto

A CNN Brasil trabalhava para realizar os debates eleitorais no próximo mês, mas precisou adiar porque não houve a confirmação da presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“A CNN suspendeu o debate previsto para o dia 6 de agosto, após os candidatos que lideram as pesquisas eleitorais não confirmarem presença. Ainda acreditamos que o bom senso prevalecerá em benefício dos eleitores”, explica a emissora.

A CNN Brasil também apostará em sabatinas para dialogar com os candidatos e levar maiores informações ao seu público. “Haverá sabatinas dos presidenciáveis e também de candidatos a governador. Não teremos um apresentador único nesses programas”, comenta.

Pesquisas e o dia da eleição

Guerra? CNN contrata seguranças e treina equipe para eleições

A CNN Brasil, desde o ano passado, tem divulgado e repercutido as pesquisas eleitorais.  “A emissora já divulga pesquisas eleitorais de cinco institutos: Quaest, Ipespe, Ipec, DataFolha e RealTime Big Data. Além disso, firmou uma parceria com o Instituto Locomotiva, que desenvolveu o agregador de todas as pesquisas registradas no TSE, com os números consolidados numa única plataforma”, relata.

No dia das eleições, a CNN dará espaço total para os jornalistas acompanharem a votação e apresentarem informações do público. “Toda a emissora estará exclusivamente dedicada ao dia da votação no primeiro e segundo turnos. Teremos repórteres em todas as capitais do país e no Distrito Federal. Nossos jornalistas também irão acompanhar o dia dos candidatos à presidência e aos governos nos principais estados”, detalha.

“A cobertura será ao vivo desde a abertura das urnas até a totalização dos votos pelo TSE”, completa.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias