Marcela Ribeiro
Reportar erro
Ensaios já começaram!

Da Favela da Maré para balé do Faustão: Bruna Santos conta sua trajetória e expectativa na Band

Bailarina se formou no Theatro Municipal do Rio e foi convidada pelo próprio Faustão para seguir com ele em 2022

Bruna Santos se apresentando com a perna para o alto com o logo da Band 2022 ao fundo e em outra foto ela aparece abraçada ao apresentador Fausto Silva
Bruna Santos estreou no Domingão e segue com Faustão na Band - Reprodução/Instagram
Marcela Ribeiro

Publicado em 14/11/2021 às 07:52:56

Nascida e criada na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, Bruna Santos, bailarina do Faustão, começou no Domingão e segue no programa da Band em 2022 que está com os ensaios a todo vapor. "A gente está trabalhando muito para fazer um espetáculo lindo para os telespectadores", conta.

Bruna começou no Show do Famosos do Domingão até surgir um convite para o balé oficial do Faustão. "O pessoal gostou de mim, passei nessa audição e entrei para o balé do Faustão em 2019 que me deu a oportunidade de aprender com o maior comunicador da TV brasileira. Poder fazer merchan com ele, duas Danças dos Famosos, sou muito grata, fui muito abençoada".

Sobre a ida de Faustão para a Band, ela disse que o burburinho nos bastidores começaram no começo do ano.

"A gente ficou nessa expectativa sobre o que iria acontecer com o balé do Faustão. Ele é uma pessoa generosa, ele tem um respeito e carinho grande por cada bailarina, conhece cada uma. Um pouco antes de ele sair, ele convidou as bailarinas que estão na Band para seguir essa jornada com ele. Imagina? Você receber o convite do próprio Faustão? É uma alegria imensa, uma honra grande ser valorizada pelo maior comunicador da TV brasileira".

A trajetória até chegar a TV não foi tão fácil como parece, ela precisou de muita dedicação e apoio dos pais, que se esforçaram para realizar o sonho da filha a se profissionalizar na dança, além de blindarem das dificuldades de crescer cercada pela violência de uma favela.

"Dentro da favela, meus pais me protegeram muito, não lembro de algum perrengue. Quem mora na favela, óbvio, você vai ter tiroteio, o tráfico é muito presente, você passa por homens armados, vê o tráfico acontecendo, mas lembro pouco. Meus pais sempre tentaram ao máximo afastar a gente disso".

Logo em seguida, ela lembra de um episódio em que a van que a levava para a escola ficou no meio do fogo cruzado, num confronto entre polícia e tráfico. "Quando isso aconteceu, a van estava no meio da troca de tiros, entrou num beco, aí uma senhora abriu a porta e mandou todas as crianças entrarem. A gente convive com essa realidade que acontece. Acabou o tiroteio segue a vida normal como se nada tivesse acontecido. Para quem vive na favela acaba sendo algo 'normal'".

Sobre o início na dança, ela conta que tudo começou na infância, aos 9 anos de idade no projeto Balé Brasil da Ilha do Bom Jesus, na Cidade Universitária do Rio de Janeiro. Aos 13, fez prova para a Escola de dança do Theatro Municipal do Rio, foi aprovada e se formou aos 19 anos em balé clássico e contemporâneo.

"Lembro que tinha que ir para o colégio e de lá almoçava dentro do ônibus, fazia coque dentro do ônibus, me arrumava e ia para o projeto. Quando passei para a escola de dança do Theatro Municipal do Rio, fazia o mesmo. Saía da escola e encontrava a minha mãe no ponto de ônibus,ela com uma bolsa enorme e a gente ia junto, ela me ajudava, levava o almoço para comer dentro do ônibus. Era uma correria e minha mãe sempre comigo".

Band anuncia Faustão com show de bailarinas e tema da Globo 

Faustão, a principal estreia da Band para 2022, ficou de fora do evento de lançamento da grade da emissora, que aconteceu no final de setembro. Cris Gomes, diretor-geral do programa, lamentou e justificou a ausência: "Infelizmente o Faustão não pode estar presente neste vídeo por questões contratuais" - no caso, ainda possui acordo com a Globo para a rescisão. 

Isso, no entanto, não tirou o brilho da apresentação, que começou com show das bailarinas ao vivo no palco, com direito a coreografia de "Pra alegria eu peço bis", tradicional canção que antecedia as Videocassetadas no Domingão do Faustão na Globo. 

Mais de 300 profissionais estão envolvidos no projeto e viajando pelo Brasil em busca de talentos que podem ser apresentar no programa de Fausto Silva, que será exibido de segunda a sexta-feira a partir das 20h30. "O Faustão na Band já é uma realidade para todos nós que estamos vivendo dia-a-dia a construção de um dos maiores projetos das nossas carreiras", explicou o diretor. 



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo