Daniel César
TVxTV

Atuação da Semana: Andreia Horta faz milagre com mocinha difícil e sofredora

Atriz consegue convencer com personagem tapada de Um Lugar Ao Sol


Cena de Um Lugar ao Sol com Lara, de Andreia Horta, chorando
Na novela Um Lugar ao Sol, Lara chorou ao terminar com Mateus - Foto: Reprodução/Globoplay

Na novela Um Lugar ao Sol, Lara é uma mocinha muito sofredora e que, por alguns momentos, parece até mesmo ter sido concebida nos anos 80. Numa produção cheia de problemas, principalmente de audiência e quase sempre ignorada pelo público, conduzir uma personagem assim não é fácil, por isso mesmo o trabalho de Andreia Horta precisa ser sublinhado, já que ela vem brilhando.

A atriz teve que defender uma protagonista que não é protagonista, embora seja mocinha. Lara ficou longe do núcleo central desde o sofrimento que teve com a pseudo morte de Christian, vivido por Cauã Reymond. Embora a vida tenha continuado, ela tenha se envolvido com Mateus (Danton Mello), tudo na história cheirava a mofo e ela virou uma figurante de luxo, cuja maior função era tentar controlar sua avó doida, outro trabalho muito bom conduzido por Marieta Severo com riqueza de detalhes.

Mesmo num período em que ela saiu de mocinha para figurante, Lara não perdeu o brilho porque Andreia Horta defendia sua personagem com unhas em dentes, sem se importar com o nível da cena, o que só mostrava o quanto ela estava disposta a agarrar a missão com unhas e dentes. Foi um período muito difícil, não só para ela, mas para o público em geral, já que a autora Lícia Manzo optou por transformar a trama numa sequência de esquetes dramáticas com pouco apelo popular.

Agora, Lara voltou ao núcleo dos protagonista ao se envolver com o falso Renato sem sonhar que ele é o Christian, seu grande amor. Nesta fase, Lara brilha a cada cena, seja no momento do primeiro beijo, seja quando terminou tudo com Mateus e verdadeiramente sofreu por isso, ou até quando lê uma história para a sua ex-enteada. A partir daí, Andreia Horta começou a reconstruir sua personagem como a verdadeira mocinha da narrativa e buscar a empatia do público.

Atuação da Semana: Andreia Horta faz milagre com mocinha difícil e sofredora

Enquanto a personagem é enganada e feita de tola pelo seu pretenso parceiro romântico, o público acompanha o talento de Horta na construção narrativa da personagem, de modo que o público evite de transformá-la em uma chorona e bobona, ao contrário, tentar gerar uma grande empatia para que haja torcida para o momento da revelação. Lara não é tola, é feita de tola, o que é diferente e quem construiu a diferença foi a atriz por meio de sua construção de uma mulher forte e que enfrenta seus sentimentos sem medo.

Um Lugar ao Sol é, de fato, uma novela sem salvação e por diversos motivos que não serão tratados neste espaço. Independente disso, Lara não entra no bololo do que não funcionou na trama das 21h e, ao contrário, embora a autora tenha tratado com desdém e pouco caso a personagem, ela se torna uma das coisas interessantes da trama capenga justamente porque Andreia Horta levou seu trabalho a sério.  

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias