Daniel César
Reportar erro
TVxTV

Atuação da Semana: Adulta, Larissa Manoela mostra maturidade em Luli

Em filme da Netflix, atriz mostra que conseguiu fazer a transição do universo infantil

Larissa Manoela, caracterizada como médica, à beira de uma máquina de radiografia, com alguém deitado na máquina e coberto por um lençol
Larissa Manoela brilha em Luli, na Netflix - Foto: Reprodução/Netflix
Daniel César

Publicado em 09/01/2022 às 11:00:00

Quem acompanha o universo infantil na TV sabe que Larissa Manoela é um fenômeno desde o primeiro minuto em que apareceu diante de uma câmera. Mas um dos grandes medos do mercado é que a atriz infantil não conseguisse migrar para o universo adulto sem os traumas que isso costuma ocorrer em geral. Uma das primeiras provas de fogo, Luli, filme da Netflix, mostrou que a artista está pronta para essa nova fase e sem medo de ser feliz.

É bem verdade que o longa é meio que Sessão da Tarde, ou seja, puro entretenimento como existem milhares por aí. Mas isso não é um demérito, afinal, quando se constrói uma obra por diversão e sem grandes objetivos do ponto de vista artístico, as chances de um piloto automático aparecer são grandes. Não é o que se vê em Luli, pois Larissa entrega tudo de si e mostra o potencial que tem.

Se enquanto criança haviam dúvidas, pois ela atuava, cantava e era um produto mercadológico que enriqueceu muita gente - a própria artista, inclusive -, quando adulta isso não costuma se manter por muito tempo. Larissa sabe que precisa entregar mais do que simplesmente ser um produto para crianças - outro adendo: não é um demérito, mas não chega a ser artístico - e vem fazendo a transição.

Em Luli é fácil reconhecer em Larissa os elementos de uma atriz segura de si, que domina a personagem e a técnica de interpretação sabendo exatamente o que quer entregar para o público. E ela consegue com muita felicidade, o que dá provas de que por trás da forte marca existe uma artista e uma atriz com potencial para viver grandes papéis, se os rumos da carreira assim permitir.

Em seu primeiro trabalho na Globo, a eterna Maria Joaquina do SBT terá um desafio gigantesco que é segurar uma mocinha de novela das 18h, quase sempre rejeitada pelo grande público. Os telespectadores infanto-juvenis que sempre a acompanharam nas redes sociais, no SBT e na Netflix não serão suficientes para fazê-la cair nas graças do público, geralmente a dona de casa. A tirar por Luli, Larissa vai dar conta com um pé nas costas.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias