Reportar erro
Coluna Marcela Ribeiro

Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção, lamenta fim de Malhação e busca espaço na TV

Ator está afastado e diz que gostaria de ter feito uma participação na novela que o promoveu

O ator Sérgio Hondjakoff sorridente no meio de uma vegetação
Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de Malhação, lamenta fim da novela da Globo - Divulgação
Marcela Ribeiro

Publicado em 17/10/2021 às 08:55:00

Afastado da TV, Sérgio Hondjakoff, 37, que ficou famoso e eternizado com o personagem Cabeção de Malhação, de 2000 a 2006, admite que ficou triste ao saber que a Globo deixará de exibir a novela teen, que está no ar desde 1995 em várias temporadas. 

"Quando soube que a Malhação ia acabar, fiquei triste porque ainda sonhava em um dia voltar com algum outro personagem, nem que fosse uma participação pequena para estar o set novamente. Até fui com o Vídeo Show em alguns momentos, mas não era a mesma coisa. Fiquei meio saudosista por saber que foi cancelada, bate aquela saudade da equipe, que sempre me incentivava ou ajudava com alguma sugestão de um caco que poderia enriquecer a cena", relembra. 

Filho do meio do professor Afonso (Giuseppe Oristânio), Cabeção foi um dos personagens mais populares de Malhação e permaneceu na novela por cinco temporadas por causa disso.  O ator, que começou sua carreira na infância fazendo comerciais na TV e estreou na Escolinha do Professor Raimundo (1992) com o personagem Levando Papo, fala com carinho do papel que lhe deu fama no país graças à novela.

"Era um personagem espirituoso, batalhador e tinha muita garra, que me ensinou muito. Como sou lembrado até hoje, o Cabeção tem uma importância muito grande, é um personagem ingênuo e infantil, mas que as pessoas me acompanharam até a fase de ficar adulto. Sempre tem uma memória boa para quem recorda e gosto de ser lembrado por isso e ter passado de gerações para gerações".

Serginho, como era carinhosamente chamado pelos colegas, diz ter saudade dos bastidores e da correria da produção da novela.  "Me sentia bem quando voltava para casa com um plano cumprido. Isso gerava uma recompensa de dever cumprido e eu ia dormir feliz. A Malhação sempre reuniu profissionais excelentes e também tinha uma leveza nos bastidores e eficiência na hora da gravação". 

No final de setembro, a Globo anunciou a decisão de não dar continuidade a novas temporadas de Malhação em 2022 e a audiência rotativa teria sido o principal motivo da novela, que revelou vários nomes: André Marques, Cauã Reymond, Sophie Charlotte, Nathalia Dill e Caio Castro são alguns deles. Sérgio admite que a fama tem um preço alto com a exposição, ainda mais por ele ser uma pessoa mais reservada.

"O retorno do público com o Cabeção sempre foi imediato, mas aos poucos fui ficando mais desenvolto e pude ter mais espaço. A fama tem um ponto positivo e negativo.  É difícil ficar totalmente a vontade, eu sempre fui ator, mas sempre fui um pouco tímido na vida pessoal, mais reservado e tive que aprender a crescer junto com essa característica de muitos jovens me conhecerem, isso mexeu um pouco com a minha vaidade, abriu oportunidades, mas por outro lado, tem esse lance da privacidade". 

A falta de privacidade acabou tornando pública a internação do ator em uma clínica de reabilitação, em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, em agosto, que foi fechada após denúncia de que os pacientes eram mantidos em cárcere privado. Ele não quis comentar o assunto nesta entrevista ao NaTelinha . Depois de ter mentido que estivesse no local, foi até as redes sociais e admitiu que estava entre os internos e que quis preservar o filho Benjamin e pediu perdão.

Sérgio Hondjakoff busca oportunidade na TV

No ano passado , ele participou do reality show Made In Japão, comandado por Sabrina Sato e acabou desistindo da atração por problemas na coluna. Entre as participações como ator mais recente está na série Impuros (2018) do canal Fox  e ele avisa que esta disponível para convites para voltar a atuar.

"A concorrência é muito grande na carreira de ator, é complicado pegar bons personagens em séries, isso não me deixa mal, sempre lidei bem com a competitividade. Acabei me afastando um pouco da TV, estou sempre a espera. Procuro dizer que estou aberto a convites na publicidade, teledramaturgia ou cinema. Também tenho vontade de estar com o público em stand-up. Gostaria de deixar claro como apto para voltar a participar na TV".



Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se