Coluna do Sandro

Por que a Globo está dispensando seus atores?

O Grupo Globo promove uma mudança inédita em sua estrutura de negócio

Por que a Globo está dispensando seus atores?
Montagem NaTelinha

Publicado em 02/02/2020 às 07:30:22

Por: Sandro Nascimento

Nos últimos meses, vem causando furor na mídia os inúmeras artistas que não tiveram seus contratos fixos renovados com a Globo. Após anos de serviços prestados, na lista dos ex-globais estão nomes como Bruna Marquezine, Mônica Iozzi, Bruno Gagliasso, Aguinaldo Silva, Malvino Salvador, Isabela Garcia e Malu Mader. Ao se deparar com a notícia, a dúvida que domina nas conversas de telespectadores em bares, cabeleireiros e no almoço de trabalho é: O que está acontecendo com a Globo?

O Grupo Globo passa por uma profunda e inédita transformação estrutural. Até 2021, o conglomerado de mídia irá unir num único CNPJ as empresas TV Globo, Globosat, Globo.com, DGCORP (Diretoria de Gestão Corporativa) e Som Livre. Internamente esse projeto foi batizado de Uma Só Globo.  

Com o resultado desta megafusão, artistas, jornalistas e técnicos do Grupo poderão prestar serviço para todas as divisões ganhando apenas um salário já que se trata de uma única empresa. Foi o primeiro passo para  Globo iniciar o processo de corte de custos e equalizar seu caixa com os recebíveis.

A segunda consequência do programa Uma Só Globo é a demissão em massa de funcionários da retaguarda. Tendo um só CNPJ, o Grupo não precisa manter quatro setores de contabilidade para cada uma das suas empresas, por exemplo. Dentro da TV Globo, até o fim do processo, acredita-se que a tesoura deva chegar para cerca de 40% do seu atual quadro dos profissionais.

Um dos caminhos apontados pela consultoria da Accenture, empresa que auxilia a Globo neste união de empresas, para reduzir custos fixos do canal foi alterar o modelo de contratação de seus atores, apresentadores e autores. A partir de agora a Globo vai priorizar vínculos de seus artistas por obra e reduzir de forma avassaladora os contrato fixos. Nesta última semana, o NaTelinha adiantou que o canal deve manter apenas 20% do total seu banco de atores.

A mudança na relação de trabalho da Globo

Ao não renovar o vínculo com grande parte do seu elenco artístico, a TV Globo sinaliza que não precisa pagar mais uma milionária folha salarial para manter atores que muitas vezes estão no ar a cada dois anos. Por economia, ela está implantando uma mudança no modelo de negócio.

Com isso, o correto sobre a saída dos artistas não é dizer que estão sendo demitidos, mas alterando sua relação de trabalho com a emissora. Malvino Salvador, Marquezine e companhia poderão em breve protagonizar uma novela ou seriado, ganhando pelo período que o produto estiver no ar. A Globo apenas segue uma tendência de mercado e está se adequando a essa nova realidade. Vale destacar que o um mercado publicitário atravessa uma retração há três anos.

Além do fator econômico, a Globo está se preparando para o futuro. Com menos gordura, ela pode investir e combater aos avanços dos estúdios de streaming em solo brasileiro. O Grupo entendeu que elas são suas verdadeiras concorrentes no futuro do negócio audiovisual.

Resumindo: a Globo quer ser mais dinâmica e por consequência mais barata. A emissora está mudando internamente, mas no ar, não perderá a qualidade e referência de programação que tem há 55 anos. Líder de audiência da massa, continuará sendo a melhor vitrine para atores e artista.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!