Especial Silvio Santos
Reportar erro
Exclusivo

Silvio Santos 90 anos: Tiago Abravanel lembra ida ao McDonald's no Carnaval com o avô

Neto celebra aniversário do Homem do Baú com depoimento ao NaTelinha

Silvio Santos posa de pijama ao lado do neto, Tiago Abravanel
"Ele é muito convicto em tudo o que acredita, não tem medo de arriscar", define Tiago Abravanel sobre o avô, Silvio Santos - Foto: Reprodução/Instagram
Walter Felix, com Sandro Nascimento

Publicado em 12/12/2020 às 00:00:15

A inspiração é um dos elos entre Tiago Abravanel e seu avô, Silvio Santos, que completa 90 anos neste sábado (12). O neto que, durante a juventude, foi aos poucos reconhecendo a importância do dono do SBT para o Brasil, fala da relação estabelecida entre eles de respeito e diversão, com direito a desfile em escola de samba no Carnaval do Rio e ida ao McDonald's, como revela em entrevista exclusiva ao NaTelinha.

"Meu avô é inspiração para qualquer artista e comunicador, independentemente da área em que trabalhe. Por eu ter um pouco mais de intimidade, me aproximei sempre para saber a forma de pensamento, de trabalho", relata Tiago Abravanel. Aos 33 anos e após um período na Globo, o artista tem firmada uma parceria com a emissora de sua família desde 2019.

Filho da primogênita Cintia Abravanel, ele começou a ter a dimensão da grandeza de seu avô aos 14 anos, quando Silvio Santos foi homenageado com desfile da escola de samba Tradição, no carnaval do Rio de Janeiro. O Homem do Baú fez história na Marquês de Sapucaí com o enredo "Hoje é domingo, é alegria. Vamos sorrir e cantar".

"Quando eu era criança, não entendia bem o que era ser neto do Silvio Santos, mas me lembro como se fosse ontem de quando ele foi homenageado pela Tradição. Foi um momento muito impactante para eu entender o tamanho dele. Foi um negócio impressionante e de uma potência muito grande", recorda.

É daquela época uma de suas lembranças mais engraçadas ao lado do avô. "Quando fomos para o Rio ver o desfile, do nada, ele quis comer no McDonald's", conta Tiago. O então pré-adolescente acompanhou Silvio na empreitada, que se tornou um verdadeiro evento para quem estava no local. "Quem disse que a gente conseguia sair do restaurante depois?", diverte-se.

"Vício" de Silvio Santos inspirou Tiago Abravanel em empreendimento

Silvio Santos 90 anos: Tiago Abravanel lembra ida ao McDonald

O "vício" em pijama é outro traço marcante da personalidade de Silvio Santos, o que inspirou o neto a lançar uma marca com vestuário para dormir. No empreendimento, o veterano comunicador e empresário participa como consumidor e, consequentemente, garoto-propaganda. Entretanto, não participou da formatação do negócio, bem como ficou alheio à consolidação de Tiago Abravanel no meio artístico.

O ator, apresentador, cantor e dançarino avalia a influência do avô em sua carreira: "No começo, talvez se eu não fosse neto do Silvio Santos, as pessoas não teriam tanta curiosidade em saber sobre o meu trabalho. Isso pode soar positivo ou negativo, porque, infelizmente, podiam achar que eu estou em um determinado lugar por ter esse sobrenome".

A fama, por outro lado, jamais incomodou Tiago. "Eu me orgulho demais do meu sobrenome e do que a minha família construiu ao longo dos anos na TV brasileira. Nunca parei para pensar se abriu portas ou não, mas com certeza fez com que as pessoas prestassem um pouco mais de atenção em mim", admite o artista.

Eleito em votação realizada pelo NaTelinha a maior personalidade destes 70 anos de TV brasileira, Silvio Santos é, para o neto, um exemplo de força e vivência para os telespectadores que o acompanham há tantas décadas. "Meu avô tem uma coisa de ousadia, que inspira muito. Ele é muito convicto em tudo o que acredita, não tem medo de arriscar. É um grande exemplo de um homem que trabalhou muito pela televisão brasileira."

O artista finaliza com uma mensagem especial ao avô por seus 90 anos: "Não que eu já não tenha dito, mas o que quero dizer é que ele é uma pessoa que dá muito orgulho não só para a nossa família, mas para todo o Brasil. Leva alegria para as pessoas, como um dos maiores comunicadores do nosso país. Sua história se mistura com a história de todos os brasileiros que, de alguma forma, têm uma identificação com esse artista incrível e ser humano divertidíssimo".