Especial Silvio Santos
Reportar erro
Fatal

Os principais programas de Silvio Santos que aniquilaram a Globo

Silvio Santos foi uma das principais pedras no sapato da emissora carioca

Silvio Santos no Topa Tudo por Dinheiro e Casa dos Artistas
Silvio Santos no Topa Tudo por Dinheiro e Casa dos Artistas - Foto/Montagem
Thiago Forato

Publicado em 12/12/2020 às 00:00:10

Ao longo de mais de meio século de carreira na televisão, Silvio Santos, que comemora 90 anos de vida neste sábado (12), apresentou mais de uma centena de programas. Desde a fundação do SBT, em 1981, apresentou outras dezenas e alguns continuam na memória do público. A concorrência, no entanto, prefere esquecer.

Nos quase 40 anos de SBT, o canal sempre se gabou de ser o líder do segundo lugar, como nas campanhas da década de 1980. Nos anos 2000, o "na nossa frente só você" ganhou destaque, já que era uma época de alta audiência. Abaixo, programas nostálgicos e que marcaram toda uma geração na telinha.

Qual é a Música?

Esse é clássico. Fenômeno nos anos 70 antes de estrear no SBT, o Qual é a Música? fez história na década de seguinte, promovendo grande duelos entre artistas, com uma briga ferrenha para saber quem dominava por mais semanas. O SBT afirmou em 1999, quando o programa voltou, que Ronnie Von era o dono da coroa com 25 semanas. Nahim discorda, e diz que ele é o campeão.

O fato é que o programa causou enormes dores de cabeça à Globo aos domingos ao longo de toda a década de 1980, quando Silvio Santos tinha a hegemonia durante suas muitas horas no ar.

Quando voltou reformulado em 1999, também bateu a Globo com frequência até meados de 2002. O Planeta Xuxa (1997-2002) era o adversário favorito. Silvio batia a loira por domingos consecutivos.

O Qual é a Música? teve seu formato descansado com frequência por Silvio Santos. O game musical teve períodos de hiato em 2000 e entre 2003 e 2005, nunca saindo do ar por audiência e estava sempre em rotatividade com outros programas apresentados pelo próprio dono do SBT. Em 2007, o programa voltou sem o mesmo brilho de outrora e saiu no ar no ano seguinte, quando Silvio repaginou seu dominical.

Show do Milhão

Os 22 dias estão chegando... Os 22 dias estão chegando... A chamada no final de 1999 era enigmática. O que aquilo queria dizer? Muitos jornalistas na época especulavam que fosse um filme comprado pelo SBT. Ou uma série. Nada disso. Tratava-se de um game de perguntas e respostas que paralisaria o público em frente à TV.

O programa está há 11 anos na gaveta, mas quando estreou em 7 de novembro com o título de Jogo do Milhão, a atração caiu como uma bomba na grade da Globo, que se viu encurralada. Afinal, o Show do Milhão ia ao ar de domingo a domingo durante 22 dias consecutivos. O tempo era curto, mas o estrago, enorme.

Silvio Santos conseguiu 22 pontos de média geral na primeira temporada e picos superiores de 30, vencendo programas como o Casseta & Planeta, Globo Repórter e até a imbatível Tela Quente nos picos. Ao longo dos anos, no entanto, a atração perdeu força e entrou em desgaste, mas até o ano de 2001, ainda era uma carta na manga e dava vitórias substanciais sobre a Globo.

Casa dos Artistas

O primeiro de reality show de confinamento do Brasil não poderia ficar de fora da lista. Estreando de surpresa em 28 de outubro de 2001, a Casa dos Artistas conseguiu um feito inédito até então: vencer o Fantástico.

No primeiro domingo entre 20h40 e 21h43, com a Casa pré-gravada para apresentar os confinados, o dono do SBT aplicou 33 pontos ante os 25 do Fantástico. A atração retornou às 22h45 e terminou às 23h32, depois de uma edição do Show do Milhão.

O reality, na final, ainda aplicou uma sonora goleada: 47 pontos de média e picos de 55, contra apenas 18 da Globo no momento. A Casa dos Artistas ainda mexeria com O Clone (2001-02). Embora nunca tivesse vencido a novela da média, conseguiu "picar" a liderança e assombrar a poderosa.

Topa Tudo por Dinheiro

Famoso dominical de Silvio Santos apresentado entre 1991 e 2001, o Topa Tudo por Dinheiro era quase imbatível nos finais de noites do SBT. Em 2001, fez uma vítima ainda maior, fazendo com que o Sociedade Anônima, de Cazé Peçanha, ficasse apenas nove semanas no ar. A atração integrou TV e internet e suporte do portal da Globo, com participação dos internautas, mas não vingou.

Silvio Santos conseguiu a façanha de vencer Cazé por nove semanas e enterrou o programa do rapaz que vinha da MTV para "revolucionar" o horário. Um dos únicos programas da Globo a conseguir superar o Topa Tudo foi o Sai de Baixo, produzido entre 1996 e 2002, depois de ter tentado de tudo, inclusive uma série do Superman.