Marcela Ribeiro
Equilíbrio de corpo, mente e alma

Aos 48, Scheila Carvalho conta como lida com o passar do tempo: "De forma gostosa e prazerosa"

Dançarina fala com saudades do É o Tchan, explica sua fé e conta como superou crise no casamento com Tony Salles


Scheila Carvalho de maiô rosa com uma piscina ao fundo e sorridente em uma selfie, com uma mão na cabeça, olhando para cima
Aos 48 anos, Scheila Carvalho diz que lida bem com a passagem do tempo e cuida da saúde com atividade física - Reprodução/Instagram

Basta dar uma espiadinha no Instagram de Scheila Carvalho para confirmar: Ela não para! Aos 48 anos, mãe de Giulia, 11 anos e casada com o cantor Tony Salles há quase 15 anos, a ex-dançarina do É o Tchan mantém uma rotina focada em exercícios físicos frequentes, muita dança e alimentação saudável. Talvez por isso, ela não sinta tantas mudanças em sua forma física com o passar dos anos e fala com gratidão sobre o tempo.

"Cuido demais da minha saúde, da minha alimentação. Atividade física para mim é fundamental, me mantém viva, faz bem para o meu psicológico, falo que é a minha terapia, me sinto ativa, elétrica. Só vejo que o tempo passa quando olho fotos ou encontro algumas pessoas que estou há muito tempo sem ver. É tão bom sentir o tempo assim com essas recordações boas, de ver a filha crescendo, amigos com filhos, fãs que eram pequenos que tirei fotos no colo que hoje já são mulheres formadas", conta ela.

"Em mim vejo que o tempo está sendo muito maravilhoso comigo. Procuro sempre ter ao lado pessoas que me transmitem energia boa, procuro me conectar com Deus nas orações no início do dia, me conectar com meu corpo, minha mente e minha alma e isso me mantém viva e enérgica. Sinto ele passar rápido, mas de uma forma gostosa e prazerosa."

Scheila se tornou nacionalmente conhecida quando passou no concurso para ser a nova "Morena do Tchan", cargo que ocupou de 1997 até 2005. Até hoje, ela recebeu dezenas de pedidos de fãs querendo vê-la dançar as músicas baianas que fizeram sucesso nos anos 90 e fala com saudades desse período.

"O É o Tchan foi um divisor de águas na minha vida muito grande, sinto muita saudades, inclusive dos palcos, daquela energia do público. Mas de vez em quando vou no show do marido e mato um pouquinho essa saudade dançando no palco", conta ela, já que Tony é vocalista do grupo Parangolé. Ela garante que não se incomoda com os pedidos dos fãs saudosos de vê-la dançar no É o Tchan.

Aos 48, Scheila Carvalho conta como lida com o passar do tempo: \"De forma gostosa e prazerosa\"

"Não me incomoda de forma alguma, me faz ter a certeza desse carinho que o público tem por mim até hoje, o quanto marquei uma trajetória na vida deles com momentos incríveis. Eles chegam para mim com lágrimas nos olhos se recordando daquela época, essa troca de energia é incrível."

Recentemente, ela foi contratada pelo marido de uma fã para fazer uma surpresa no aniversário dela. "Chega a me emocionar de ver a alegria dela quando me viu. É inexplicável, emocionante demais ter esse carinho desse público que me acolheu há 25 anos e até hoje tem boas recordações."

Scheila Carvalho conta como superou crise no casamento

Aos 48, Scheila Carvalho conta como lida com o passar do tempo: \"De forma gostosa e prazerosa\"

Em 2013, durante sua participação em A Fazenda 6, Scheila teve sua vida pessoal exposta enquanto estava confinada após uma traição de Tony Salles virar assunto dos programas de fofoca. Na época, apesar da dor, ela perdoou o marido e conta como foi superar essa crise juntos.

"Deus que nos blinda, nos dá força, nos faz transformar e o amor que é Deus, o amor verdadeiro, puro, de alma, é isso que nos dá força, que faz entender o erro do outro, que ajuda o outro a evoluir através de conversa, respeito. É você respeitar a bagagem que o outro trouxe da sua criação, de como ele veio desde infância, da adolescência. Cada um une essas bagagens na hora do casamento, o amor permite essas mudanças, essas transformações juntos e fortalece cada vez mais a união."

A filha Giulia já demonstra interesse por seguir os passos dos pais. Volta e meia, aparece dançando alguma coreografia com a mãe, faz aula de canto e ficou em segundo lugar no concurso da escola de música.

"A mamãe coruja aqui baba de vê-la dançando, ela tem uma expressão tão linda. Fiquei triste porque ela saiu do balé clássico, mas entendi porque na minha época também vi que não era a minha praia e fui para o jazz. Estou convencendo ela agora de ir para o jazz, ela topou. Giulia tem muitas vertentes, vejo que ela tem o dom para cantar, é super afinada, creio que ela vai para esse lado artístico, do canto ou da dança."

Scheila Carvalho relembra morte dos irmãos e fala sobre fé

Em agosto do ano passado, Vânia, irmã de Scheila, morreu de complicações de Esclerose Lateral Amiotrófica, uma doença degenerativa. Alguns meses antes, a dançaria perdeu o irmão, Wagner Carvalho, de parada cardíaca, aos 53 anos. Apesar de tanta dor, ela deu um exemplo de força e fé ao falar sobre as perdas nas redes sociais e contou à coluna de onde tira forças.

"Durante muito tempo da minha vida me rotulei espírita, evangélica, cristã e hoje vejo que a minha religião é Deus, é ele que me dá força, entendimento, que me faz ver que tudo é no tempo dele. Minha irmã estava com uma doença degenerativa há quase cinco anos e meu irmão faleceu antes dela inesperadamente, é no tempo de Deus, só Ele explica. Sou muito espiritualizada, entendo que é só um momento de separação de corpos, a gente vai se ver em outro lugar. Eles já estão neste lugar que com certeza é bem melhor do que aqui, é isso que me conforta."

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias