Reportar erro
Efeito coronavírus

Novas reprises da Globo reforçam "medo" de produções mais antigas no horário nobre

Império e Verdade Secretas serão reapresentadas no horário nobre da emissora

Novas reprises da Globo reforçam "medo" de produções mais antigas no horário nobre
Pùblico torcia pela reapresentação de A Favorita - Foto: Divulgação-Globo

Gabriel Vaquer

Publicado em 15/03/2021 às 07:31:28

Com a grande alta de números de casos da covid-19 no Brasil, com mais de 2 mil mortes por dia no momento, era questão de tempo até que a Globo anunciasse novas reprises no seu horário nobre. Foi o que aconteceu na última semana, com a confirmação das exibições de  duas novelas: Império (2014), na faixa das 21h a partir de abril, e de Verdades Secretas (2015), a partir de agosto, às 23h.

Diga-se de passagem, que suas exibições possuem contexto bem diferente. Enquanto Império, de fato, entra no ar ocupando o espaço de Um Lugar ao Sol, novela que está sendo produzida em ritmo bem lento, Verdades Secretas será retransmitida também pelo adiamento das gravações de sua segunda temporada - mas principalmente para aquecer o público para as novas exibições.

Exibidas quase no mesmo período, com a diferença de alguns meses entre a estreia de uma e o término da outra, as tramas são bem distintas. Enquanto Império é salva por um personagem extremamente carismático, mas tem problemas no seu texto para achar um vilão que movimente a novela, Verdades Secretas é bem redonda mesmo com trama principal bem rocambolesca.

Público torce por A Favorita na Globo

Não dá pra saber exatamente se as reexibições vão fazer sucesso. Apostaria mais que Verdades Secretas dará bastante trabalho para A Fazenda 13, ainda mais considerando que Marcos Mion, um apresentador que notoriamente chama a audiência. Sem ele, se perde apelo. Império é bem irregular, apesar de uma primeira fase realmente de boa qualidade técnica.

Mas o ponto deste artigo não é este. Desde que começou a pandemia do novo coronavírus, se percebe que o público demanda por reprises mais antigas, de tramas que não são da década de 2010. A dificuldade de A Força do Querer em emplacar na reexibição que terminou na última sexta-feira (12) é uma prova - mesmo que nos últimos dois meses, a audiência tenha decolado significativamente, muito pela ajuda do BBB21.

O maior pedido nesse momento é A Favorita. Com grande apelo popular e com um roteiro muito bom do início ao fim, não dá pra entender porque a novela de João Emanuel Carneiro sequer foi pensada para uma reprise neste momento. Parece um certo medo de exibir uma novela mais antiga, que tenha uma pegada mais séria no momento difícil que vivemos.

A Força do Querer era mais pesada que Fina Estampa, mas tinha seus momentos de leveza. A Favorita tem um foco muito grande na trama principal e nas vilanias de Flora (Patrícia Pilar), sem grandes alívios cômicos. O fato é: o público quer boas produções, não exatamente algo tão escapista. Uma pena que haja esse temor tão grande.

Mais Notícias