Exclusivo

BBB 22: Irmã de Jessi diz que ela precisa se mostrar mais para criar novas alianças

Caroline Alves acha que, aos poucos, os participantes do programa estão vendo quem a professora é


Jessi no quarto do BBB 22, de blusa verde e sorrindo
Jessi é uma das integrantes do grupo Pipoca do BBB 22 - Reprodução/Instagram

No BBB 22, Jessilane faz parte do grupo das "Comadres", formado por ela, juntamente com Linn da Quebrada, Natália Deodato e Naiara Azevedo, que foi a terceira eliminada do reality show da Globo. Porém, a professora de biologia muitas vezes é acusada de não ajudar as próprias amigas pela resistência que oferece quando pedem para combinar votos antes da formação de um paredão. A baiana sempre diz que não pode ir contra seus princípios e valores e que, se o voto dela bater com os dos aliados, ok. Senão, nada feito.

Na opinião da irmã, Jessi não está em falta com as amigas. "Vendo de fora, eu acho que é o contrário. Ela apoia demais. Desde as primeiras semanas, uma apoia a outra. Elas sabem até onde vão as limitações de cada uma, quais são os pontos de vista de cada uma, então elas estão ali vivendo em amizade. Com carinho e respeito entre elas, mas ainda assim respeitando a personalidade de cada uma, a opinião de cada uma, e é isso que eu acho importante. Elas sabem que cada uma tem uma ideia diferente com relação a tudo o que elas estão vivendo e elas respeitam isso, então eu acho que é o contrário, elas sempre se apoiaram e elas se apoiam até mesmo quando uma diverge da outra", observa Caroline Alves, em bate-papo com o NaTelinha.

Na noite do último domingo (20), Jessi foi indicada ao paredão pelo grupo do quarto Lollipop, se salvou na prova do bate e volta e revoltou boa parte do público que assiste ao pay-per-view quando, logo depois que a edição ao vivo acabou, foi até as pessoas que votaram nela para dizer que está tranquila. Caroline aposta que a irmã conseguirá reverter essa situação e criar novas alianças no decorrer do jogo.

"Ela, mostrando a personalidade dela, mostrando quem ela é, tá criando novas alianças, de forma genuína. Da mesma forma que foi criada com a Lina, com a Natália e com a Naiara. As pessoas começam a ver quem ela é e começam a se aproximar, mas eu acho que é tudo no seu tempo e aos poucos. Eu acho que ela precisa se mostrar, continuar sendo ela e aos poucos ela vai criando novas alianças simplesmente por mostrar quem ela é", diz.

Segundo Caroline, toda a família está reagindo bem em relação à repercussão gerada pela participação de Jessi na atração. "Nossa família é muito tranquila, não é muito de falar, de expor opiniões ou de reclamar em redes sociais. Nossa família, no geral, não faz isso. Então, nós vemos as críticas, as fofocas, às vezes a gente se chateia, mas fica entre nós. A gente conversa entre a gente e não expõe isso pras pessoas. Com relação à exposição, tá tranquilo. Nós somos uma família bem zen, não temos muito problema com relação a isso e estamos vivendo um dia após o outro, tentando manter a nossa rotina e não nos preocupando com essa exposição", explica.

BBB 22: Irmã de Jessi diz que ela precisa se mostrar mais para criar novas alianças
Jessi posando para foto com a irmã, Caroline, e a mãe, dona Clau

Irmã de Jessi diz que a professora está levando pautas importantes para o BBB 22

Durante o discurso que fez para o eliminado do segundo paredão do BBB 22, Tadeu Schmidt usou a linguagem de sinais para mandar um recado à Jessi e o assunto ficou entre os mais comentados pelos telespectadores do reality. As libras, a desvalorização dos professores e a questão do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) são alguns dos assuntos discutidos pela sister no programa da Globo, o que, na opinião da irmã da professora, é essencial.

"Eu acho que ela tá trazendo pautas importantes, não só para o programa, mas para a sociedade em si. São assuntos que, apesar de serem tratados, não são tratados com a devida importância e atenção. Apesar do pouco tempo, são pautas que são extremamente necessárias. Até mesmo essa questão das libras, desvalorização dos professores... Ainda mais no nosso país, que tem muitos surdos que não têm tanta visibilidade, não se sentem representados na TV", aponta Caroline.

"No caso do discurso do Tadeu, foi lindo de ver exatamente esse reconhecimento que as pessoas surdas puderam ter e ver em rede nacional. É algo extremamente necessário e eu acho muito importante. Nos deixa muito felizes saber que, de alguma forma, ela tá ajudando a dar uma valorização maior a esse tipo de assunto, a esses assuntos que são extremamente importantes", vibra.

Quem será o quinto eliminado do BBB22?

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Termometro

Expresse seus sentimentos aos participantes de BBB22

Mais Notícias