Canal Like

Jovem ator estreante chama a atenção em Beasts of No Nation

Jovem ator estreante chama a atenção em Beasts of No Nation
Beasts of No Nation

Publicado em 23/01/2020 às 18:01:45

Por: Canal Like

O escritor norte-americano de origem nigeriana Uzodinma Iweala quis entender como crianças eram impactadas por situações de conflito extremo. Foi por isso que entrou de cabeça numa pesquisa profunda e abrangente que resultou no livro Beasts of no Nation, ou "Feras de Lugar Nenhum", em bom português. O livro virou um best seller que deu origem ao primeiro filme inteiramente produzido e lançado pela Netflix.

Quando a guerra civil na Nigéria chega ao vilarejo onde o menino Agu mora com sua família, a população fica no meio do fogo cruzado entre soldados do governo e rebeldes. Os habitantes do local são caçados e executados pelo exército, por suspeita de traição e conivência com o inimigo. Antes de conseguir fugir, Agu vê o pai e o irmão mais velho serem assassinados. E quando se encontra sozinho e desesperado no meio do mato, é localizado por milicianos.

De prisioneiro com a corda no pescoço, ele é poupado pelo Comandante pra ser transformado em um soldado, um assassino. O menino que queria ser um engenheiro vira um pequeno monstro. O que ainda resta de humanidade dentro dele é o sonho de reencontrar a mãe que havia deixado a aldeia pouco antes do ataque.

Em Beasts of No Nation é matar pra não morrer. É a volta à barbárie, a redução ao mais primitivo. E ao registrar toda essa selvageria pelos olhos de uma criança, a narrativa potencializa ainda mais os horrores da história. Agu é vivido por Abraham Attah, menino de catorze anos que aparenta ser bem mais novo.

Esse estreante, sem nenhuma experiência dramática anterior, atua em pé de igualdade com o tarimbado Idris Elba, que faz um Comandante realmente assustador por ser tão carismático. Como um predador atraindo a presa.

A direção e o roteiro de Beasts of No Nation são de Cary Joji Fukunaga. Foi ele quem conduziu a primeira temporada de True Detective. E Cary também é o responsável pelo roteiro e a direção do novo longa do 007, No Time to Die. Aliás, ele é o primeiro diretor americano a assinar um filme oficial do James Bond.

E como Cary também cuida da direção de fotografia de Beasts of No Nation, você pode esperar planos-sequência de tirar o fôlego, uma de suas marcas registradas. Vale a pena assistir a esse drama de guerra que é um petardo direto no coração.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!