Canal Like

Rede de Espiões mostra esquema de espionagem organizado pelo governo cubano


Wagner Moura em Rede de Espiões
Rede de Espiões conta com nomes como Wagner Moura, Penélope Cruz e Gael García Bernal no elenco

O francês Olivier Assayas se baseou no livro Os Últimos Soldados da Guerra Fria, do brasileiro Fernando Moraes, pra dirigir o thriller político Wasp Network: Rede de Espiões. O filme é inspirado em fatos relacionados a um esquema de espionagem organizado pelo governo cubano.

A trama se passa nos anos 90 e resgata a história real de espiões cubanos que fingiram desertar pros Estados Unidos pra viver na Flórida. Mas o objetivo verdadeiro era se infiltrar em grupos que planejavam atacar o país então liderado por Fidel Castro.

Olivier se apoiou na pesquisa de Fernando Morais, autor de Olga e Chatô, O Rei do Brasil, biografias que também foram transpostas para o cinema. Morais teve acesso a material valioso sobre o serviço secreto cubano, entrevistou figuras que participaram das ações do grupo. E tudo isso enriqueceu o roteiro do longa com detalhes minuciosos.

Wasp Network: Rede de Espiões foi rodado em locações na Flórida e em Cuba. O que não foi nada fácil, porque o governo cubano estava bem resistente a dar o sinal verde à produção. Afinal, o tema é bastante espinhoso porque, em Cuba, esses espiões são heróis, mas em Miami, eles são criminosos.

As filmagens em Cuba aconteceram num momento tenso. Porque a administração de Donald Trump havia proibido voos comerciais americanos para o país. Os realizadores quase tiveram que procurar uma alternativa, o que empobreceria o resultado final.

Rede de Espiões mostra esquema de espionagem organizado pelo governo cubano

O elenco de Wasp Network reúne o venezuelano Édgar Ramírez, a espanhola Penélope Cruz, o mexicano Gael García Bernal, o argentino Leonardo Sbaraglia, a cubana Ana de Armas e o brasileiro Wagner Moura, que vive Juan Pablo Roque, um dos pilotos que aderiram ao programa de espionagem em Miami.

Olivier Assayas já havia trabalhado antes com Édgar Ramirez. Ele dirigiu o ator na minissérie Carlos, sobre o terrorista venezuelano alinhado à causa palestina. Além do ator Wagner Moura e do autor Fernando Morais, o DNA brasileiro de Wasp Network: Rede de Espiões também inclui o trabalho do produtor Rodrigo Teixeira.

Ao assinar produções internacionais aclamadas como o drama romântico Me Chame Pelo seu Nome, os thrillers de horror A Bruxa e O Farol, além da ficção científica Ad Astra: Rumo às Estrelas, com Brad Pitt, Teixeira já provou que não existem fronteiras no cinema.

O que fica bem claro em uma história moderna cubana contada por um francês, produzida por um brasileiro a partir da pesquisa de outro brasileiro e com um elenco que inclui uma seleção variada de talentos latinos.

Curtiu essa dica do Canal Like (530 da Claro Brasil)? Então corre para Netflix para ver Wasp Network: Rede de Espiões.

TAGS:
Mais Notícias