Exclusivo

Globo define critérios para dispensar suas estrelas; saiba quais são

Emissora tem enxugado a folha salarial

Globo define critérios para dispensar suas estrelas; saiba quais são
Antônio Fagundes, Vera Fischer e Miguel Falabella são três nomes que deixaram a Globo recentemente

Publicado em 25/09/2020 às 04:33:00

Por: Naian Lucas

A Globo tem reduzido o número de contratos fixos do seu casting para adequar sua receita a realidade atual do mercado publicitário. Esse novo modelo de negócio vem trazendo tensão e dúvidas ao seu elenco, que não entende as regras utilizadas pela emissora para manter um ator e não renovar com outro. O NaTelinha apurou que a Globo adotou três critérios para permanecer com a exclusividade com o artista: interesse artístico, acordo de piso salarial menor e frequência de trabalho.

O Grupo Globo iniciou o processo, intitulado Uma Só Globo - de unificar todos o conglomerado em único CNPJ - no final de 2018. Como parte dos cortes, a TV dará preferência aos acordos por obra com seu elenco.

Conforme apurou o NaTelinha, após avaliar que tem interesse em continuar com determinado artista, a Globo estipula que o salário fixo chegue, no máximo, a R$ 40 mil quando o artista estiver fora do ar, com raras exceções. Quem não aceitar reduzir, não seguirá na emissora, independentemente do seu patamar, e só retornará por obra.

Como a intenção é ter o menor número possível de pessoas em seu casting, outro critério para manter um artista na casa é a frequência de trabalhos nos últimos anos. A ordem é que, quem optou por ficar muito tempo sem um projeto na grade, também não continuará na empresa.

No caso de dramaturgia, outro critério é a preferência por novelas. Os atores que estão acostumados a trabalhar em séries, por exemplo, vão ser chamados por obra. Agora, quem tem grande rotatividade em folhetins – Rafael Cardoso e Thiago Fragoso são dois exemplos – terão preferências na renovação, desde que aceitem as duas outras regras.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de comunicação da Globo não se pronunciou até o fechamento da matéria. Caso haja resposta, o texto será atualizado.

Redução do casting

A estratégia da Globo de encerrar contratos com suas estrelas de longa data tem chamado a atenção do mercado e pegado muita gente de surpresa. Nomes como Renato Aragão, Miguel Falabella, Vera Fischer e até Antônio Fagundes não possuem mais contrato fixo com a emissora carioca.

Embora uma das razões seja óbvia, economia financeira, ela não é a única. O processo de reestruturação, responsável por juntar todas empresas do Grupo Globo numa coisa só, identificou problemas trabalhistas que poderiam gerar dívida bilionária para o canal, caso uma correção urgente não fosse feita, como noticiou com exclusividade o NaTelinha.

Com risco de sofrer punição, a empresa se comprometeu a mudar o regime de trabalho de todos os seus funcionários e aceitou pagar uma multa com valor bem reduzido, desde que informasse os números reais de funcionários. Isso fez com que o fisco iniciasse um processo contra diversos artistas para o pagamento dos impostos devidos.

Saídas da Globo

Grandes estrelas da emissora deixaram de ter contratos fixos e agora só participarão do canal por obra. Tarcísio Meira, Glória Menezes, Antônio Fagundes, Vera Fischer, Miguel Falabella, Bruno Gagliasso, Malvino Salvador, Bianca Bin, Bruna Marquezine, Zeca Camargo e outros artistas são alguns exemplos. Mas nada os impede de eles retornarem para novos projetos.

Fagundes, por exemplo, está negociando um contrato para fazer parte do elenco do remake de Pantanal. “Como você sabe, a Globo está adotando novas dinâmicas de relação com seus talentos. Assim, o contrato com o Fagundes foi encerrado e devemos negociar o retorno dele para Pantanal”, explicou a assessoria de comunicação da Globo.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!