Sem acordo

Cotado para Pantanal, Antonio Fagundes deixa a Globo após 44 anos

Ator não teve seu contrato renovado, mas pode retornar ao canal por obra

Cotado para Pantanal, Antonio Fagundes deixa a Globo após 44 anos
Antonio Fagundes atuou em Bom Sucesso - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 15/09/2020 às 09:23:00

Por: Redação NT

A Globo continua promovendo cortes de nomes do seu casting e agora a dispensa atingiu Antonio Fagundes, de 71 anos. O ator estreou na emissora em Saramandaia (1976) e se tornou um dos maiores nomes da teledramaturgia do canal, protagonizando diversas novelas. Ele está cotado para voltar no remake de Pantanal (2021).

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira (15) pelo jornal Extra, o artista deixa de ter contrato fixo, mas nada o impedirá de trabalhar na emissora por obra. Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de comunicação da Globo enviou o seguinte comunicado: "Como você sabe, a Globo está adotando novas dinâmicas de relação com seus talentos. Assim, o contrato com o Fagundes foi encerrado e devemos negociar o retorno dele para Pantanal".

Ele é o nome predileto de Benedito Ruy Barbosa para interpretar o papel de José Leôncio, personagem vivido por Claudio Marzo na versão da TV Manchete. A adaptação está prevista para entrar no ar logo após Um Lugar ao Sol (2021), de Lícia Manzo.

Fagundes é um dos atores prediletos de Benedito. O ator protagonizou obras icônicas do novelista, como Renascer (1993) e O Rei do Gado (1996-1997). Ele ainda trabalhou com o autor em Terra Nostra (1999-2000), Meu Pedacinho de Chão (2014) e Velho Chico (2016).

O artista também fez muito sucesso em outras produções da Globo, como Dancin' Days (1978-1979), Vale Tudo (1988-1989), O Dono do Mundo (1991-1992), A Viagem (1994), Duas Caras (2007-2008) e Bom Sucesso (2019-2020). Ele ainda fez Carga Pesada (1979-1981 e 2003-2007) ao lado de Stênio Garcia, considerada uma das maiores parcerias da TV brasileira.

Cortes na Globo

Nem Antonio Fagundes escapou do corte da Globo. O fim do contrato faz parte da política de diminuição de despesas que a emissora está realizando por conta da pandemia do novo coronavírus. A empresa identificou que houve uma redução de 30% das suas receitas publicitárias.

Além de Fagundes, deixaram o canal nos últimos dois anos Tarcísio Meira, Glória Menezes, Renato Aragão, Miguel Falabella, Aguinaldo Silva, Zeca Camargo, Vera Fischer, José de Abreu, Bruna Marquezine, Bruno Gagliasso, Reynaldo Gianecchini, Malvino Salvador, entre outros.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!