Nostalgia

Há dez anos, João Emanuel Carneiro chocava o Brasil com A Cura

Autor estreou nas séries com uma trama sobrenatural de tirar o fôlego

Há dez anos, João Emanuel Carneiro chocava o Brasil com A Cura
Série A Cura chocou o Brasil

Publicado em 09/08/2020 às 08:13:10

Por: Daniel César

Em 2010 João Emanuel Carneiro saía da seara das telenovelas depois de se consolidar com A Favorita e apostava no universo das séries. Em sua primeira e única imersão no formato, o roteirista chocou o Brasil ao criar a história de A Cura, protagonizada por Selton Mello, Andreia Horta e Juca de Oliveira e que teve um último episódio considerado chocante até os dias atuais.

A história acompanhou o dia a dia de Dimas, um jovem destrambelhado que retorna para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais anos depois de uma morte misteriosa em que ele teria sido o responsável pelo acidente que ceifou a vida de uma criança. Vivido por Selton Mello, o personagem dúbio era mostrado, ora como culpado, ora como inocente, mas quase sempre defendido por um homem misterioso e que se mostrava amigo.

Enquanto o enredo ia se desenvolvendo com direito até a uma paixão avassaladora, João Emanuel Carneiro utilizava recursos de séries estrangeiras para prender o telespectador e levava ao ar um thriller de realismo fantástico que se consagraria nos anos seguintes com produções como Once Upon a Time e até American Horror Story e suas antologias.

Mas havia um diferencial em A Cura. A história se passava no presente e também no passado, acompanhando um homem nojento e do mal, vivido por Carmo Della Vecchia e que perseguia uma criança, aparentemente dotada de poderes mágicos e que o curaria de uma maldição que transformava sua pele em escamas, em algo como a atual hanseníase, antiga lepra.

A Cura

Conforme o público era apresentado às duas histórias, aparentemente sem nenhuma ligação, o texto de João Emanuel Carneiro ia dando pistas do que estava por vir, com direito a prisões, mortes e perseguições. Mas ninguém esperava que as duas histórias se cruzariam de uma forma tão incomum ao que o telespectador de novelas estava acostumado.

No último episódio, o público viu chocado que o velho que sempre apoiava Dimas e parecia ser do bem era, na verdade a reencarnação do vilão de Carmo Della Vecchia e que Dimas era simplesmente aquela criança com poderes curativos. Depois de um encontro macabro no passado, tudo o que o homem queria era roubar novamente os poderes daquele menino.

A cena final de A Cura deixou todo o público brasileiro com ânsia por uma nova temporada, já que deixou as portas abertas para a continuação da história e não amarrou todo o enredo. Por conta de sua escalação para o horário das 21h, ele jamais retornou à produção, mas dois anos depois entregava para os brasileiros o fenômeno Avenida Brasil. Mas quem quiser matar a saudade, todos os nove episódios da produção estão disponíveis no Globoplay.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!