Antenado

Em eleição com TV perdendo importância, Renata Lo Prete é o grande destaque da cobertura





Renata Lo Prete
Reprodução

Publicado em 08/10/2018 às 14:01:36

Por: Gabriel Vaquer

Definitivamente, estas foram as eleições da internet. Foi por lá que, infelizmente, muita gente se desinformou pelas notícias falsas. Mas foi por lá também que a grande maioria das pessoas se decidiram em quem votar e tentaram se informar.

A TV perdeu importância, por mais que ainda tenha algum tipo de influência. Mas falando da cobertura das emissoras como um todo, o destaque foi Renata Lo Prete.

Ao assumir o "Jornal da Globo" depois da celeuma que ocorreu com William Waack, Lo Prete se mostrou uma âncora ruim. Parecia um robô, sem naturalidade, sem muito jogo de cintura. Até aqui, isso ainda não havia mudado.

Mas começou a corrida eleitoral. Nas entrevistas com os candidatos à presidência, ela já foi bem mais correta que o tom usado no "Jornal Nacional", deixando os entrevistados falarem e debatendo com respeito.

Já neste domingo (7), Renata Lo Prete fez uma dobradinha excelente com William Bonner. Primeiro, pelo seu conhecimento político do que acontecia em todos os estados e segundo pela sua capacidade de fazer essa análise de forma simplificada, palatável para o público de TV aberta.

Sabemos que muitos comentaristas não falam a língua popular de um público mais amplo, e que as pessoas têm aversão muitas vezes. Não foi o que houve, já que além de ter ido bem no vídeo, Lo Prete foi muito bem elogiada nas redes sociais.

Tenho uma tese, que já é antiga, de que o "Jornal da Globo" deveria se adaptar ao estilo de Lo Prete. Mais opinativo, com menos tom para a notícia crua, e aproveitando o que a jornalista tem de melhor, que é a análise do dia a dia política.

No mais, foi um dia de não muitos destaques. Record TV e SBT fizeram uma cobertura correta. Band trabalhou com muita análise, mas uma análise pouco popular para a TV aberta. Na RedeTV!, muita tecnologia e informação, e até um pouco de bom humor. Mas falaremos sobre isso no segundo turno, quando a cobertura de eleição se concluir.

Gabriel Vaquer escreve sobre mídia há vários anos e está de volta ao NaTelinha. Além da "Antenado", faz reportagens especiais sobre a TV brasileira. Também é colaborador do UOL Esporte. Converse com ele. E-mail: gabrielvaquer@uol.com.br / Twitter: @bielvaquer



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!