Mudança de regras no Festival de Cannes irrita CEO da Netflix

Divulgação

Publicado em 12/05/2017 às 15:25:13

Por: Taty Bruzzi

De 17 a 28 de maio, ocorre mais uma edição do “Festival de Cannes”. Realizado todos os anos no Balneário francês Côte d’Azur, na Riviera Francesa, foi criado em 1946 e, desde então, se tornou um dos eventos cinematográficos mais prestigiados do mundo.

Diferente do que acontece há anos, nesta edição o festival concordou em abrir um novo precedente para a exibição de duas produções da Netflix que brigam pela Palma de Ouro, “The Meyerowitz Stories” e “Okja”, em um espaço, até então, sagrado para o cinema.

A iniciativa gerou protestos e, por causa da polêmica, os organizadores do festival decidiram mudar as regras de participação a partir do próximo ano. Agora, os filmes devem ser exibidos antes em salas de cinema da França se quiserem competir.

A notícia provocou o descontentamento de Reed Hasting, CEO da Netflix, que fez questão de comentar em seu perfil no Facebook, afirmando que a nova regra irá afetar diretamente seu serviço de streaming.

"O establishment está se juntando contra nós. Assista ‘Okja’ na Netflix, em 28 de junho. Um ótimo filme que as salas de cinema não querem ver entrando na competição de Cannes", desabafou.
Filmes não foram aceitos no circuito francês

A nova regra foi anunciada na última quarta-feira (10) e entra em vigor já a partir do próximo ano. O motivo da mudança teria sido uma polêmica que envolve a própria Netflix na competição deste ano.

Segundo os organizadores, tentou-se exibir os dois filmes produzidos pelo canal no circuito de salas franceses, mas eles não obtiveram sucesso nas negociações. Então, diante de rumores de que as produções pudessem ser excluídas do festival, a organização optou por assegurar a participação.

Por outro lado, com o intuito de evitar novos questionamentos, tomou-se a decisão de que a partir de 2018, os filmes que desejarem competir em Cannes precisam ser exibidos antes nas salas de cinema francesas.



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS