Canal Like

Conheça o primeiro filme brasileiro de ficção produzido pela Netflix

Conheça o primeiro filme brasileiro de ficção produzido pela Netflix
Diogo Morgado é O Matador

Publicado em 13/04/2020 às 12:59:06

Por: Canal Like

Quando querem falar que alguém traz as mesmas características dos pais, dizem que a maçã não cai longe da árvore. Mas tem fruta que nem nasceu na árvore mas, só pelo fato de crescer sob a sua sombra, já absorve algo da sua essência.

Com tanta metáfora, dá pra imaginar que a dica do Canal Like de hoje é um faroeste sangrento, né? Aliás, é um faroeste sangrento e brasileiro: O Matador.

Quando ainda não atendia pelo nome de guerra Cabeleira, um homem foi abandonado, bebê, no meio do sertão. Instantes antes de ser devorado por uma fera, ele foi salvo e "adotado" por um sujeito carrancudo, de poucas palavras, mas exímio atirador.Esse homem ensinou àquela criança tudo o que era preciso pra sobreviver naquele meio selvagem.

Quando aquela figura paterna partiu sem nunca mais voltar, o garoto ficou ali, sozinho, se virando. E só quando virou um homem abrutalhado, teve coragem de partir em busca do estranho que o criou.

Na cidade, que fica no interior de Pernambuco, Cabeleira vem a saber que o homem que o criou era conhecido como Sete Orelhas e foi um temido matador envolvido no comércio de pedras preciosas. Também trabalhava pra um poderoso francês que agia ali como um coronel. Ele mandava matar quem não quisesse lhe vender suas terras. Cabeleira se oferece pra ficar no lugar do "pai" e também logo ganha fama de matador, daqueles com sangue nos olhos.

Nesse sertão sem lei dos anos quarenta, se você não mata, morre. Quando não executa o serviço, vira o "serviço" de outro. E Cabeleira vai ser o alvo da vez de um durão chamado Gringo, um matador de matadores. O Matador foi o primeiro longa brasileiro de ficção produzido pela Netflix.

Escrito e dirigido por Marcelo Galvão, o filme traz o ator português Diogo Morgado como o Cabeleira. Outros destaques no elenco são o saudoso Etienne Chicot, que faz o francês Monsieur Blanchard , a portuguesa Maria de Medeiros. Além dos brasileiros Marat Descartes, como o psicótico oficial da lei Quatro Olhos e Paulo Gorgulho no papel do violento "Tenente" Sobral.

E os apresentadores do Canal Like (530 da Net/Claro), Hugo Bonemer e Maytê Piragibe, fazem uma participação especial em O Matador. Fique ligado no filme e nas nossas dicas aqui e no Youtube @canallikeoficial

Marcelo Galvão preparou um faroeste com tempero de cangaço e fartas doses de suspense. Gênero que conhece muito bem, já que adaptou pras telas Bellini e o Demônio, livro policial escrito por Toni Belloto.

Que tipo de herança é mais forte? A genética ou aquela adquirida pelo convívio diário? Em O Matador, é tal pai, tal filho, não importa se de coração ou de criação.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!