Hackers exigem "resgate" para não vazar novo "Piratas do Caribe"

Longa-metragem será lançado dia 25 de maio no Brasil

"Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar" é o novo filme da franquia - Divulgação/Walt Disney

Publicado em 16/05/2017 às 10:01:56

Por: Thiago Forato

A Disney está sendo chantageada por hackers para que não seja vazado o novo longa-metragem "Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar".

O estúdio vem trabalhando em conjunto com o FBI, segundo o site Deadline, e não planeja pagar uma quantia astronômica para que a produção não seja vazada.

Os criminosos ameaçam divulgar o filme de maneira fracionada, caso suas exigências não sejam atendidas. Por motivos de segurança, eles querem ser pagos com Bitcoins, moeda virtual, com o intuito de dificultar o rastreio.

O presidente executivo da Walt Disney confirmou o fato a funcionários da ABC, maior rede de TV do mundo, que estavam sendo chantageados, mas até então, não tinha dito que "Piratas do Caribe" é quem havia sido o produto "sequestrado".

A estratégia de não pagar o que os hackers pedem é idêntica a utilizada pela Netflix em abril, quando eles pediram uma quantia exorbitante para não publicar a nova temporada de "Orange is the New Black".

No Brasil, "Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar" estreia dia 25 de maio, e é protagonizado por Johnny Depp. É o quinto filme da franquia.



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Fechar X