Reportar erro
Quarta Parede

SBT perde trunfo jovem com saída de Maisa

Com forte apelo junto aos adolescentes, apresentadora cresceu na emissora e deu novos ares à TV de Silvio Santos

Silvio Santos sorri e posa ao lado de Maisa em participação da apresentadora no Jogo dos Pontinhos
Na emissora de Silvio Santos, Maisa representou sopro de jovialidade e diálogo com novas gerações - Foto: Lourival Ribeiro/SBT
Walter Felix

Publicado em 03/10/2020 às 16:03:00

O SBT perde um de seus maiores trunfos com a saída de Maisa, anunciada neste sábado (3). A apresentadora de 18 anos decidiu não renovar o contrato com a emissora de Silvio Santos, aceitando uma proposta milionária da Netflix, que permitirá à jovem estudar no exterior além de outros negócios no meio digital. Os projetos com a gigante do streaming representam novos voos para a estrela teen e um baque para o canal paulista.

Maisa tem a cara do SBT, ao mesmo tempo em que emprega jovialidade e modernidade à emissora, cuja programação é marcada por medalhões com carreiras mais longevas que a própria idade da apresentadora. Revelada por Raul Gil, na Record, a menina prodígio foi fisgada por Silvio Santos em 2007, com apenas 5 anos, para comandar o Sábado Animado. Cresceu, em todos os sentidos, sob a batuta do Homem do Baú.

Alguns de seus melhores momentos na TV, inclusive, foram ao lado do patrão. O quadro Pergunte à Maisa, nos idos de 2008, renderam memes que sobrevivem nas redes sociais até hoje. Ela mostrava graça e espontaneidade, e não se intimidava diante do todo-poderoso do SBT. Sem papas na língua, respondia à altura as provocações do parceiro de palco. Também protagonizou momentos divertidos e memoráveis nos matutinos infantis, como o Bom Dia & Cia.

Maisa consolidou sua carreira na pré-adolescência, quando estrelas mirins costumam desaparecer da mídia

SBT perde trunfo jovem com saída de Maisa

A partir da pré-adolescência, quando muitos astros mirins acabam no ostracismo, Maisa só consolidou seu nome. Lançou-se como atriz, inicialmente na novela Carrossel, em 2012, e conquistou boas bilheterias no cinema, além de breve trajetória como cantora. Tornou-se queridinha dos mais jovens e influenciadora digital de sucesso, uma das maiores do país - atualmente, no Instagram, são 35 milhões de seguidores.

Atuando em tantas frentes, Maisa nunca deixou de ser figurinha fácil nas atrações do canal. Até que em 2019, com apenas 17 anos, ganhou seu talk show aos sábados. O Programa da Maisa se diferencia na grade pelo DNA da apresentadora: jovem, moderno, dialoga com um público que os veteranos nem sempre conseguem fisgar.

Um dos canais da TV aberta mais preocupados com o segmento infantojuvenil, o SBT terá que se desdobrar para suprir mais essa lacuna em seu casting. Larissa Manoela, outra que tinha apelo com crianças e adolescentes, já está na Globo; mais atrelada às novelas, dificilmente retornará à antiga casa. Maisa também só tem a crescer com os novos projetos, mas, se no futuro decidir retornar à televisão, que os executivos paulistas não a deixem escapar novamente, para o bem da própria emissora.

Mais Notícias