Outubro Rosa

Sete famosas que venceram o câncer de mama

Câncer de mama é uma das doenças que mais matam no mundo

Sete famosas que venceram o câncer de mama
Elba Ramalho, Patrícia Pillar e Joana Fomm venceram o câncer de mama - Foto/Montagem/NaTelinha

Publicado em 03/10/2020 às 12:07:44

Por: Thiago Forato

O mês de outubro começou, e junto com ele, o Outubro Rosa, campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, e também sobre o câncer de colo do útero. De acordo com o Ministério da Saúde, toda mulher com 40 anos ou mais deve procurar um ambulatório, centro ou posto de saúde para realizar o exame clínico das mamas anualmente. Grandes nomes da TV e do cinema como Ana Furtado, Patrícia Pillar e Jane Fonda lutaram bravamente contra o câncer de mama e hoje estão plenamente curadas.

De acordo com a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), esse é o quinto tipo de câncer em questão de mortalidade no mundo. A pesquisa também aponta que uma a cada quatro mulheres que têm um caso de câncer diagnosticado, têm câncer de mama - mais de 24%.

Neste mês de conscientização da doença, listamos sete famosas que enfrentaram o câncer de mama e conseguiram vencê-la. 

Confira:

Ana Furtado

Em 2018, a esposa de Boninho divulgou por meio de seu Instagram a descoberta de um câncer de mama a partir de um autoexame de mamografia. Naquela altura, já havia passado por uma cirurgia para a retirada do tumor, mas começaria ainda as sessões de quimioterapia. Ela venceu a doença no ano passado.

A apresentadora da Globo sempre falou abertamente sobre a doença. Em julho, relembrou a cura: "Eu não tive dúvidas de que seria um desafio. Mas ao lado da minha família e dos meus amores e com a ajuda deles, tudo foi possível. E maravilhoso! Na época eu já tinha a certeza e confiava em Deus de que aquele momento se tornaria uma lembrança e uma lição valiosa pra mim. Hoje, dois anos depois, relembro desse momento com muita emoção e gratidão".

Arlete Salles

A atriz descobriu um câncer de mama em janeiro de 2014, quando tinha 72 anos. Numa entrevista à Contigo naquela ocasião, lamentou: "É muito doloroso. Mesmo tendo o apoio de tantos amigos, é solitário, é devastador".

Ela realizou uma cirurgia de retirada do tumor no seio esquerdo, além de quimioterapia e radioterapia, o que fez com que ela perdesse muito cabelo. No mesmo ano, ainda, voltou ao teatro e no final ainda de 2014, revelou que estava curada.

Elba Ramalho

A cantora descobriu a doença no início, há 10 anos, e isso foi fundamental para a cura. A artista realizou o processo de retirada do tumor, que consistiu também na retirada de uma parte da mama. "Descobrindo no início como o meu, é tranquilo. A prevenção é tudo", afirmou ela em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes, em 2013.

Ainda no programa da Globo, lembrou quando tudo começou: "Comecei a sentir minha voz mais grave, nasciam cabelos enormes na minha perna. Eu tinha um cisto, observava ele há seis anos, e ele começou a sofrer uma transformação. Foi uma infiltração de hormônio".

Joana Fomm

Em 2007, Joana Fomm foi diagnosticada com dois tumores em um seio e três no outro, e foi submetida a cirurgia para retirada de mamas, além de quimioterapia. Na sequência, colocou próteses de silicone. Depois do silicone, no entanto, ela revelou que não gostou do resultado, numa entrevista ao jornal Extra em 2015: "Não ficaram simétricos e bonitos. Tive bolas de gordura em algumas partes que ficaram com cicatrizes, buracos".

E relembrou quando teve alta: "Perguntei se poderia ir à praia. Coloquei o maiô e mergulhei. Quando levantei não tinha força. Levei um susto tão grande... Passavam aquelas ondinhas de beirada e me derrubavam. É muito chato. Foi pior que o câncer. Já estava boa, feliz e bateu essa... E era sem controle, caía, me machucava. Ficava esperando alguém me levantar. Foi bem complicado".

Nesse tempo, Joana ficou um grande período fora das novelas. Depois de Bang Bang (2005), voltou somente em Boogie Oogie (2014). No entanto, realizou participações especiais em algumas séries da Globo.

Patrícia Pillar

No ano de 2002, Patrícia Pillar anunciava que iniciava uma batalha contra o câncer de mama no seio esquerdo. A descoberta ocorreu por conta de um autoexame. Os médicos descobriram que ela estava com a Doença de Paget, um raro tipo da doença, e teve que passar por um longo tratamento, incluindo sessões de quimioterapia e radioterapia.

Numa entrevista à revista Quem em 2014, disse que sente mais forte após ter vencido a doença: "Eu lutei. Em nenhum momento perdi o bom astral. A tranquilidade é uma certa resignação ao fato de que a vida não é só felicidade. Ter lidado com o sofrimento, a dor e a perda me fez bem".

Para a atriz, a queda dos cabelos não foi o mais importante, mas revelou medo de morrer: "Claro [que teve medo], mas o pior foi a quimioterapia. Não me senti vítima, nem perguntei porque eu. Todo mundo vai morrer".

Jane Fonda

Famosa por filmes como Amargo Regresso (1978) e A Sogra (2005), a veterana atriz teve um câncer em 2010 e descobriu no começo.

"Eu tenho tanta sorte! Nós descobrimos cedo e, por isso, a cirurgia não foi tão invasiva", disse ela na ocasião. Há quatro anos, realizou uma mastectomia para diminuir as chances de retorno do câncer.

Fernanda Motta

Aos 39 anos, Fernanda Motta conversou recentemente com Isabela Fiorentino por meio de uma live no Instagram, relatou como foi sua luta contra a doença em 2019. Agora, está curada.

"Não sou supermulher. Claro que chorei, sofri, mas busquei o pensamento positivo. Contei para pouquíssimas pessoas. Descobri em julho, uma época em que estava todo mundo em férias, com os filhos...", recordou.

"Quando a gente fala para as pessoas, isso acaba trazendo um desespero. Câncer é uma palavra que assusta. Quando você escuta a palavra câncer, pensa: ‘ih, acabou’, mas não é assim. Se você descobre no início, há boas chances de recuperação. Obviamente é uma doença difícil, mas a medicina brasileira é muito boa", comemorou a atriz.

 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!