Reportar erro
Polêmica

Daniela Lima comenta operação no Jacarezinho e é criticada na web: "Parece piada"

Apresentadora não aprovou a ação policial

Daniela Lima no programa da CNN Brasil
Daniela Lima falou sobre a operação no Jacarezinho - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Redação NT

Publicado em 08/05/2021 às 12:09:15

Daniela Lima criticou a operação policial no Jacarezinho, no Rio de Janeiro, que terminou com 28 mortos na última quinta-feira (6). O comentário da jornalista ocorreu sexta (7), no CNN 360°, da CNN Brasil, e gerou reação de alguns internautas, que não gostaram do posicionamento dela.

“Uma operação policial que chega em um lugar para prender 21 pessoas, prende seis e deixa 25 mortos, precisa ser olhada de perto. Conseguiu o feito macabro de ser a mais letal da história do Rio. Moradores do Jacarezinho, onde aconteceu essa ação desastrada, para dizer o mínimo, trágica, da polícia foram a um protesto”, comentou a apresentadora.

“Raquel, 25 mortos e um policial. O discurso da polícia e que estava todo mundo fortemente armado. Aparentemente, estavam muito armados, mas não sabia atirar. Eram 24 armados e mataram só um do outro lado, morreram todos esses”, acrescentou.

O comentário viralizou nas redes sociais e teve quem não gostasse, como foi o caso de Neymar. “Parece piada mesmo, só pode”, disparou o jogador. “Já sugeri que essa sujeita vá morar no Jacarezinho, já que ela acha pouco só um policial morto. Absurdo, inadmissível, imoral”, opinou Antônia Fontenelle.

Porém, teve quem também seguiu a opinião de Daniela e não concordasse com Tino Júnior, por exemplo, que defendeu a operação policial. “O que o Tino Junior fez hoje na Record é passível de justa causa. Além de dizer que a operação foi perfeita, ele disse que algumas mães dos mortos nem vão chorar domingo e sim ter um alivio. Olha a atrocidade que esse cara falou”, publicou um internauta.

Famosos falaram da operação no Jacarezinho

Taís Araújo, Iza,  Walcyr Carrasco, Mariana Goldfarb, entre outros famosos usaram as redes sociais para se manifestar sobre a chacina ocorrida na Favela do Jacarezinho, na zona Norte do Rio Janeiro, ao longo da última quinta. 28 pessoas morreram, entre elas um policial, morreram na ação da Polícia Civil.

Taís Araújo compartilhou uma imagem com fundo preto com o questionamento: “E eu te pergunto até quando?”. A atriz escreveu um longo desabafo no Instagram. “Só me faz crer que no Brasil atualmente se você não morre por COVID, fome ou baleado, adoece psicologicamente diante desse pesadelo. Porque mesmo tendo recursos para me proteger e me alimentar, mesmo não estando em região de disputa de terras, ou em Santa Catarina e até mesmo no Jacarezinho presenciando uma chacina é IMPOSSÍVEL ver tudo isso e não me abalar, não sentir muito e não me importar com tudo que está acontecendo. Quem consegue se manter ileso e não se afetar diante desse pesadelo coletivo, precisa rever urgentemente o próprio senso de humanidade.”



Mais Notícias