Reportar erro
Mulheres no comando

Com CNN Brasil e BandNews, mulheres ganham espaço no comando do jornalismo

Emissoras jornalísticas apostaram em mulheres como CEO

Novas diretoras da CNN Brasil e da GloboNews em montagem de foto
CNN Brasil e BandNews viram modelo em dar espaço para mulheres - Foto: Montagem
Daniel César

Publicado em 04/05/2021 às 07:25:00

Não é segredo para ninguém que as mulheres estão ganhando cada vez mais espaço no mercado de trabalho, mas em uma área específica da televisão ainda era um caso raro: a direção de jornalismo. Em 2021 essa realidade, no entanto, vem mudando com duas figuras femininas liderando a área jornalística de dois canais importantes. A CNN Brasil, que conta com Renata Afonso, como nova CEO, e a BandNews, que contratou Rosângela Lara à frente dos trabalhos.

Em fevereiro deste ano, a BandNews anunciou sua nova diretora executiva, se tornando a primeira mulher a exercer esse cargo desde que o canal foi fundado. Na época, Rosângela conversou com o NaTelinha para explicar sobre sua nova posição. "São 20 anos e é a primeira vez que uma mulher assume a direção da BandNews. Ser mulher não me atrapalhou nem um pouco. Meu desafio é que isso se repita em todas as instâncias, que continue abrindo espaços pra competência", prospecta Rosangela.

A diretora chegou a revelar as apostas da emissora para 2021 e contou as prioridades na cobertura jornalística do canal. "Queremos apostar mais em agilidade. Nós queremos ser o canal onde você vai ter a certeza de que verá primeiro aqui. E isso acontece muito porque temos gente espalhada pelo Brasil que contribui para o canal", conta Rosangela.

Com uma concorrência acirrada na TV por assinatura, a diretora também analisou diferencial da BandNews para bater de frente com a GloboNews e a CNN Brasil: "Cada canal encontrou um caminho e o nosso foi esse, da diversidade em relação a notícia. Se você ficar três horas na BandNews e ficar o mesmo tempo na concorrência, você vai ficar informado sobre o Brasil todo, diferente da concorrência que prioriza Brasília, Rio e São Paulo".

CNN Brasil com nova CEO

Com CNN Brasil e BandNews, mulheres ganham espaço no comando do jornalismo

O que também chamou a atenção nestes primeiros meses de 2021 foi o anúncio de que Douglas Tavolaro estava deixando o cargo de CEO da CNN Brasil, emissora que ele ajudou a trazer para o Brasil. Pouco após a saída do ex-diretor da Record do novo canal de notícias, a emissora anunciou uma mulher para exercer a função: a experiente jornalista Renata Afonso.

A executiva tem um extenso currículo. Em 1995, foi contratada como produtora executiva da MTV Brasil e seguiu por lá até o ano seguinte, quando se transferiu para a Band para o lançamento do programa H, com Luciano Huck. No canal do Morumbi, desempenhou a função de diretora externa, seguindo por lá até 1997, onde ganhou muita experiência.

Depois de deixar a Band, ficou quase seis anos na HBO Latin America como produtora executiva e diretora. Em 2002, ela voltou a TV aberta brasileira, quando assinou contrato com a RedeTV! e foi a criadora de programas como o Late Show. A passagem da jornalista no canal de Marcelo de Carvalho e Amílcaro Dallevo, contudo, foi encerrada no ano seguinte, quando aceitou o desafio de trabalhar no jornalismo da TV Tem, rede regional com sede em Sorocaba e que abrange 318 municípios no interior de São Paulo, e que é afiliada da Rede Globo.

Após quase cinco anos trabalhando como diretora de diversas atrações do canal, foi promovida para CEO da afiliada da Globo do interior de São Paulo. Ocupou o cargo até este ano, saindo para assumir o cargo de executiva da CNN Brasil.

Mais Notícias