Biografia

"Não sou assumido nem desassumido, apenas Agnaldo Timóteo"

  • Nome: Agnaldo Timóteo Pereira
  • Nascimento: 16/10/1936
  • Falecimento: 03/04/2021
  • Sígno: Libra
  • Estado civil: Solteiro
  • Profissão: Cantor / Compositor / Político
  • País: Brasil
  • Cidade: Caratinga (MG)

Agnaldo Timóteo é cantor, compositor e político. De origem humilde, começou a despontar no interior de Minas Gerais, onde nasceu, por seu potencial vocal, apelidado em estações de rádio como o "Cauby Peixoto Mineiro". Já vivendo em Belo Horizonte, foi aconselhado por Ângela Maria (1929-2018, uma de suas inspiradoras, a tentar carreira no Rio de Janeiro.

Na década de 1960, foi contratado como motorista por  ngela Maria, já uma estrela da época, que também passou a impulsionar sua carreira. Começou a fazer sucesso como intérprete de versões de sucessos internacionais. Com o termo, firmou-se com popularidade em apresentações no rádio e na TV, tornando-se recordista de vendas.

Já consolidado como cantor popular romântico, ingressou na política. Foi duas vezes deputado federal, nas décadas de 1980 e 1990, pelo Rio de Janeiro. Em 1996, renunciou para assumir o mandato de vereador. Em 2002, aceitou o convite para integrar o elenco do reality show Casa dos Artistas 3, no SBT. Não saiu vencedor da competição, mas passou a aparecer com frequência em programas de TV, sem escapar de polêmicas.

Em 2017, admitiu ter tido experiências homossexuais ao documentário Eu, Pecador, de Nelson Hoineff, que retratou sua trajetória na vida pessoal, música e política. Porém, ele optou por definir sua sexualidade. O cantor nunca se casou, mas teve três filhos: Márcio Timóteo, Marcelo Timóteo e Cícero Teixeira.

Morreu em 3 de abril de 2021, no Rio de Janeiro, aos 84 anos, vítima de complicações da Covid-19.