Cronologia

Do luto à guerra: O passo a passo da briga bilionária pela herança de Gugu

Testamento do apresentador foi contestado por Rose Miriam

Do luto à guerra: O passo a passo da briga bilionária pela herança de Gugu
Herança de Gugu Liberato é alvo de disputa - Arte: NaTelinha

Publicado em 07/02/2020 às 05:47:00 ,
atualizado em 07/02/2020 às 09:54:20

Por: Naian Lucas

Gugu Liberato foi um dos maiores apresentadores do Brasil e sempre fez questão de ter uma vida pessoal discreta. Porém, desde que morreu, sua família tem sido exposta quase que diariamente por causa de uma briga judicial pela herança deixada por ele.

O comunicador não colocou Rose Miriam Di Matteo no testamento e ela entrou na Justiça para comprovar que mantinha uma união estável com o artista. Mas a família dele não gostou nem um pouco da história e defende que a decisão de Gugu seja respeitada.

Com tanta reviravolta, o NaTelinha fez uma cronologia para explicar o passo a passo da batalha que vem mexendo com todo o Brasil.

Confira:

20 de novembro – O acidente

Gugu sofreu um acidente doméstico na sua mansão em Orlando, Estados Unidos. Ele estava no sótão quando sofreu uma queda de aproximadamente quatro metros, batendo a cabeça.

21 de novembro – A notícia

Apesar de amigos e familiares estarem sabendo do acidente, a notícia só veio a público no dia seguinte. Fãs ficaram tensos com o clima de mistério em torno da saúde do apresentador e alguns jornalistas chegaram a confirmar a morte, apesar de depois voltarem atrás.

22 de novembro – A confirmação da morte

Por volta das 21h, a família confirmou o falecimento do comunicador. Gugu morreu aos 60 anos e recebeu todas as homenagens durante o fim da noite e também ao longo da semana.

28 de novembro – Velório

O corpo do apresentador chegou quase uma semana depois da sua morte ter sido confirmada. Familiares e amigos se despediram, assim como os milhares de fãs do artista. A Assembleia Legislativa de São Paulo, onde aconteceu a cerimônia, foi cercada de muitas homenagens e declarações de carinho ao comunicador.

29 de novembro – Enterro

O corpo de Gugu Liberato deixou a Assembleia Legislativa de São Paulo na manhã de sexta e foi levado para o cemitério do Morumbi. Lá, o espaço acabou sendo reservado aos familiares para dar o último adeus.

19 de dezembro – Família informou que viúva não brigaria contra testamento

A companheira de Gugu Liberato, Rose Miriam Di Matteo, não tinha o interesse de disputar na justiça pelo espólio bilionário do pai dos seus filhos, segundo a assessoria de imprensa da família Liberato.

Na nota, assessoria do apresentador afirmou que, embora ela tenha sido assediada por inúmeros advogados americanos e brasileiros, Rose não pretendia brigar contra o testamento deixado por Gugu. No documento, o ele contemplou familiares e "principalmente, em quase sua totalidade os seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia".

20 de dezembro – Viúva foi à justiça

A viúva de Gugu Liberato decidiu ir à Justiça para brigar pelo direito a herança do apresentador. Ela resolveu contestar judicialmente o testamento deixado por ele em que destina sua fortuna e seus bens para os três filhos e sobrinhos.

Rose explicou que não havia briga e que ela estava apenas buscando o que é seu por direito, e negou que não fosse esposa do apresentador da Record. Vale lembrar que ela e Gugu se conhecem desde os anos 80.

20 de dezembro – Família rebateu viúva

A mãe do apresentador, Maria do Céu Liberato e os irmãos Amandio Liberato e Aparecida Liberato esclareceram o seguinte sobre a entrevista de Miriam para Mônica Bergamo, colunista da Folha de São Paulo:

 “A entrevista pegou a todos de surpresa, visto que hoje (20/12) completa apenas um mês desde o acidente sofrido por Gugu Liberato em sua casa em Orlando, na Flórida”, iniciou o comunicado.

“O que causa extremo espanto à mãe e irmãos de Gugu, e é considerado o problema maior e inadmissível, é o fato dos três filhos terem ficado nos EUA sem a mãe ou qualquer parente, principalmente num momento como este quando, segundo a própria Rose Miriam declarou  ‘as crianças estão muito abaladas porque eles viram o pai morrendo no chão. Foi trágico’”, disparou.

20 de dezembro – Advogado defendeu viúva

O advogado de Rose Miriam, Nelson Wilians, rebateu as acusações que a família do apresentador fez contra sua cliente.

No comunicado enviado para imprensa, os parentes do comunicador afirmam que não sabiam da vinda de Rose para o Brasil e nem que os filhos do casal – João Augusto, Sofia e Marina – sabiam onde a mãe se encontrava, já que estavam sozinhos em Orlando, nos Estados Unidos.

“Não é verdade que Rose Miriam Souza di Matteo veio ao Brasil sem o conhecimento dos filhos. Isso é para denegrir a imagem da viúva perante à opinião publica.  Uma pessoa que se encontra fragilizada por tudo que aconteceu nas últimas semanas.  Vale lembrar que seu marido e companheiro de quase duas décadas praticamente morreu em seus braços e na frente dos filhos”, declarou o advogado de Rose em nota a revista Caras.

27 de dezembro – Viúva afirmou passar por dificuldades

Ela teria argumentado no documento que vem passando por dificuldades de toda natureza com as filhas de 15 anos, afirmando que o artista era o “provedor” da família e o responsável pela estrutura familiar.

Rose explicou no documento que foi companheira de Gugu por quase duas décadas e que tem responsabilidade legal de Marina e Sofia, as gêmeas e filhas mais novas deles.

Rose afirmou no pedido que Gugu redigiu o testamento em 2011 e eles passavam por uma crise no relacionamento, o que explicaria o motivo dela não estar no documento. Ela ainda contou que estaria disposta a entrar na Justiça e pedir o reconhecimento da união estável, o que lhe garantiria 50% dos bens do comunicador.

27 de dezembro – Pensão para a mãe

Se por um lado ele não deixou nada para a mãe de seus filhos, por outro ele teria sido bem generoso com a sua mãe, Maria do Céu, de 90 anos.

Gugu teria deixado uma casa em Alphaville, em São Paulo, onde ela já mora atualmente, e também uma pensão mensal no valor de R$ 100 mil. Tudo de forma vitalícia.

O valor em dinheiro já era mais ou menos o que o apresentador repassava para a sua mãe todos os meses, quando ainda estava em vida. E teria feito questão de registrar em documento para que ela continuasse a receber normalmente.

29 de dezembro – Família mudou a postura

A família de Gugu Liberato tomou uma decisão e anunciou que não iria mais falar publicamente sobre a divisão da herança do apresentador, mudando a estratégia adotada anteriormente. De acordo com a nota da assessoria dos familiares do comunicador, a intenção era proteger a imagem dos filhos do artista.

06 de janeiro – Filho de Gugu passou Natal longe da mãe

João Augusto teria viajado sozinho para o Brasil a fim de comemorar as festividades com a família do pai.

O primogênito de Gugu teria deixado os EUA no dia 23 de dezembro com destino ao Brasil e teria se hospedado sozinho na casa em que viveu com a mãe e com as irmãs enquanto a família morava em terras nacionais. Vale lembrar que a mãe de Gugu Liberato também mora no mesmo condomínio.

24 de janeiro – Viúva e a pensão de R$ 100 mil

Rose conseguiu na Justiça de São Paulo uma decisão favorável e teria o direito de receber R$ 100 mil por mês de pensão, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

O juiz da 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ressalta na decisão que o valor é equivalente ao que o apresentador destinou para o sustento de sua mãe, Maria do Céu.

24 de janeiro – Advogado negou processo de Rose contra os filhos

Leão Lobo noticiou que Rose Miriam teria processo os próprios filhos, mas o advogado dela negaram a informação ao NaTelinha.

"A Sra. Rose não está processando os filhos que teve com Gugu, isso é um absurdo. Muito pelo contrário, ela, na qualidade de genitora e viúva de Gugu, bateu às portas do Poder Judiciário não só em busca de Justiça, mas também para defender e resguardar os interesses dos filhos do casal", disseram os advogados Nelson Wilians e João Vinícius Manssur.

Os representantes ainda afirmaram que tomarão medidas judiciais contra quem tentar denegrir a imagem de Rose e sua família: "A Sra. Rose informa, por meio de seus advogados, Nelson Wilians e João Vinícius Manssur, que adotará todas as medidas judiciais cabíveis, sem exceção, tanto na esfera cível como na criminal contra quem estiver denegrindo a sua imagem ou à de sua Família, e que não pode prestar mais informações, haja vista os processos tramitarem em segredo de Justiça".

28 de janeiro – Advogado acusou família de Gugu de querer expulsar irmão de Rose da mansão

Aparecida Liberato, irmã e responsável por cuidar do espólio de Gugu, teria contratado um escritório americano e determinado que o irmão de Rose Miriam Di Matteo, mãe dos filhos do apresentador, deixe a residência em que ela mora com os adolescentes, em Orlando, Estados Unidos, dentro de 15 dias. A informação veio do escritório de advocacia que representa Rose Miriam.

Gianfracesco Di Matteo teria sido notificado para deixar a mansão em até duas semanas, uma notícia que a defesa de Rose classificou como "constrangedora"

28 de janeiro – Segundo a família Liberato, João Augusto teria pedido para o tio deixar a mansão

A assessoria da família do apresentador resolveu se pronunciar a respeito e explicou que tudo aconteceu devido a um pedido de João Augusto Liberato, o primogênito de Gugu, que não quer mais o tio na residência - e não de Aparecida, irmã do comunicador, como informado pela defesa de Rose.

"A saída do irmão de Rose da casa da família em Orlando é um pedido do João, que falou também em nome das irmãs. Gianfrancesco se aboletou no quarto de Gugu e tomou conta da casa. Há 15 dias conseguiram que ele se mudasse para o quarto de Rose, mas os filhos continuam querendo que ele saia", afirmou à colunista Monica Bérgamo.

31 de janeiro – Mãe de Gugu diz que não perdoará Rose

Maria do Céu, de 90 anos, mãe do apresentador Gugu Liberato, revelou à revista Veja como está se sentindo pouco mais de dois meses depois da morte do filho e confessou que não perdoará Rose.

“A gente era uma família muito feliz (chora). Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim, dizendo que iria fazer um retiro religioso enquanto largou meus netos sozinhos nos Estados Unidos para vir ao Brasil armar essa briga na Justiça”, declarou.

31 de janeiro – Rose disse que não viverá de migalhas

Rose também conversou com a Veja e afirmou que não viveria de migalhas. Ela também continuou defendendo sua tese. Gugu fez esse documento [testamento] em 2011, quando tivemos um problema comum a todo casal. Tive depressão e TOC naquele ano, fiquei internada”, contou, acrescentando que se assinou algo nesse período, fez sem condições para tal, e que depois voltou a ter uma boa relação com o apresentador.

02 de fevereiro – Divisão da herança

O valor total do patrimônio de Gugu Liberato pode chegar a R$ 1 bilhão. Além do trabalho de sucesso na televisão, que lhe proporcionava um dos mais altos salários da TV brasileira, Gugu era empresário de sucesso. Era dono de diversos imóveis, como galpões, prédios comerciais, casas, flats e terrenos.

O espólio do apresentador tem como herdeiros os três filhos, João Augusto, Sofia e Marina, e cinco sobrinhos. Confira:

03 de fevereiro – Mãe de Gugu foi entrevistada pelo Fantástico

O Fantástico escutou Maria do Céu e ela explicou que o filho não tinha nenhum relacionamento com Rose. “Ele nunca teve nada com ela. Ela vivia completamente separada dele”.

Os advogados da família de Gugu, Carlos Regina e Dilermando Cigagna Júnior, explicaram que os dois não tinham uma vida em conjunto, apesar de terem amizade, e garantiram que vão apresentar um contrato assinado por Rose em 2011 deixando isso muito claro. “Eu falo isso e juro porque eu sei que eles não tinham nada”, afirmou um dos profissionais.

O Fantástico também aproveitou a chance de falar com o advogado de Rose Miriam de Matteo, mãe dos filhos de Gugu. Para ele, a mulher sempre foi esposa do comunicador da Record. “Somente depois da abertura do inventário, ela se tornou amiga?”.

04 de fevereiro – Advogado teve pedido negado

O juiz José Walter Cardoso, responsável pela 9ª Vara da Família e Sucessões de São Paulo, negou um pedido do advogado Nelson Willians, representante da viúva de Gugu. A solicitação era para que os R$ 100 mil de pensão, garantidos por liminar, fossem depositados na conta corrente dele.

Na prática, isso não retirou o direito da viúva do apresentador de receber o valor estabelecido pela Justiça através de liminar. A decisão do juiz apenas negou que os valores fossem enviados na conta do advogado.

04 de fevereiro - Briga de Rose com a família Liberato

De acordo com o jornalista Leo Dias, no TV Fama, Rose Miriam teria registrado em cartório, no dia 18 de dezembro, uma briga com a família Liberato no dia do sepultamento do apresentador, em 29 de novembro.

A viúva alegou que foi impedida de entrar na van que outros parentes entraram e revelou que se sentiu induzida a assinar o documento do testamento.

05 de fevereiro – Outro pedido negado

A viúva de Gugu Liberato sofreu uma derrota na última terça-feira (04) com a decisão da juíza Eliane Ferreira de negar pedido de bloqueio dos bens do apresentador, após o advogado de Rose apresentar um compromisso conjunto para criação dos filhos, assinado por ela e pelo comunicador em 2011. Mesmo diante da derrota, o Dr. Nelson Willians afirmou ao NaTelinha que o principal propósito da petição foi alcançado.

De acordo com informações antecipadas pelo colunista Lauro Jardim, do O Globo, a defesa de Rose pediu para que a Justiça bloqueasse 50% dos bens de Gugu. Na visão da magistrada da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de São Paulo, os detalhes do contrato feito entre as partes desmoronam os argumentos sobre união estável levantados por Miriam.

O NaTelinha entrou em contato com o advogado dela, Nelson Wilians, e ele explicou que o contrato entregue a Justiça não é nupcial, pois o processo de união estável continua ocorrendo.

05 de fevereiro – Reviravolta

O jogo virou na disputa pela herança de Gugu Liberato. A Justiça tomou duas decisões desfavoráveis a Rose Miriam após vitórias da mulher. A liminar em que ela havia garantido o direito de receber R$ 100 mil por mês de pensão foi cassada pelo desembargador Galdino Toledo do Tribunal de Justiça de São Paulo e a juíza Eliana da Câmara Leite Ferreira, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de São Paulo, permite que os herdeiros do apresentador expulsem Giafrancesco di Matteo da mansão em Orlando, nos EUA.

A decisão do desembargador Galdino de cassar a liminar que obrigava o espólio de Gugu a pagar pensão de R$ 100 mil a Rose Miriam se baseou no fato dele entender que não havia relação de união estável, segundo noticiou o jornalista Lauro Jardim. No documento, Galdino afirmou que devem ser depositados apenas US$ 10 mil, referentes aos custos do filho que a médica teve com o apresentador. No câmbio de quarta-feira (05), o valor equivaleria a R$ 42.353.

Já a juíza da 1ª Vara de Família e Sucessões concedeu liminar para que os herdeiros de Gugu expulsem o irmão de Rose da mansão em que ela vive com os filhos em Orlando, nos EUA, segundo informou o UOL. "Defiro, entretanto, autorização à inventariante [...] para que sejam tomadas providências, visando a desocupação do bem", escreveu a magistrada em trecho da decisão. Vale lembrar que a inventariante do espólio, segundo o testamento do apresentador é a irmã dele, Aparecida Liberato.

Em nota oficial, o advogado Nelson Williams informou que Giafrancesco irá deixar a mansão espontaneamente. "Nelson Wilians, advogado da viúva Rose Miriam, informa que, para evitar discussões desnecessárias e que fogem da busca do reconhecimento de sua união estável com Gugu Liberato, instruiu Gianfrancesco Di Matteo a encontrar um apartamento e sair da casa da irmã, mesmo estando lá a convite dela. Ele, porém, deve permanecer em Orlando a apoiando, conforme desejo de sua irmã", dizia o texto.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!