Despedida

Coroa de Silvio Santos, famosos e cantoria: O adeus a Gugu Liberato

Corpo de apresentador foi enterrado nesta sexta (29)

Coroa de Silvio Santos, famosos e cantoria: O adeus a Gugu Liberato
Saída do corpo de Gugu da Assembleia Legislativa de SP - Foto: Reprodução/Record

Publicado em 29/11/2019 às 14:52:00 ,
atualizado em 29/11/2019 às 14:58:28

Por: Redação NT

Gugu Liberato morreu no dia 22 de novembro, mas seu velório aconteceu entre quinta (28) e esta sexta-feira (29) na Assembleia Legislativa de São Paulo. Familiares, fãs e amigos foram se despedir pela última vez de um dos maiores apresentadores da televisão brasileira.

O corpo do comunicador chegou dos Estados Unidos na manhã de ontem e foi levado para a Casa Parlamentar do estado paulista. Admiradores estavam aglomerados aguardando para poder ver o corpo do artista e os portões foram abertos por volta do meio-dia.

Os familiares estavam emocionados, mas Maria do Céu, mãe do apresentador de 90 anos, Rose Miriam, companheira dele, e o filho João Augusto, primogênito de Gugu, demonstravam maior abatimento em comparação aos outros. O jovem, por sinal, segurou o caixão do pai e prometeu durante a cerimônia honrar o que o comunicador lhe ensinou.

Um dos primeiros a chegar na cerimônia foi o Governador de São Paulo, João Dória, que ressaltou a amizade com Liberato.

“Fico muito triste, nós convivemos juntos, nos frequentamos, tivemos, inclusive, um convívio familiar. É uma morte tão inesperada e chocante. Essa amizade começou com uma entrevista que fiz com o Gugu há 39 anos, numa casa que ele tinha acabado de comprar no Guarujá, ele gostava do mar. Ali, desde então, nos tornamos amigos”, contou o político.

Mara Maravilha chegou a cerimônia chorando e parou para conversar com os jornalistas. “Só vejo três pessoas na minha vida: mamãe, um tio meu, que era cameraman, e o Gugu que era meu amigo mais chegado. O Gugu era uma pessoa única. Sempre foi uma pessoa simples”, comentou, ressaltando que a amizade entre eles será eterna.

César Filho conversou com Geraldo Luís, no Balanço Geral SP, e contou que os dois eram amigos e frequentavam a casa um do outro. “Ele vivia um momento especial, não queria mais fazer programa semanal no domingo, a Record até ofereceu pra ele voltar e ele não quis”, afirmou.

Luiz Bacci foi outro famoso que chegou ao velório e relembrou o momento em que perdeu seu pai. “Um dia tão difícil para todos nós. Quando vi, pela TV, o João Augusto (filho mais velho do Gugu) chegando, só me vinha a memória eu no enterro do meu pai, 13 anos atrás, com a mesma idade dele, praticamente. Foi muito difícil”, comentou na Record.

Ana Hickmann falou ao vivo com o Balanço Geral SP e contou que o apresentador era um homem alegre e generoso: “Ele sempre foi amigo de todo mundo, mesmo quem não o conhecia pessoalmente sentia isso dele. Quando fiquei sabendo da notícia, era como se tivesse recebido a morte de alguém da família”.

Silvio Santos prestou tributo a Gugu

Silvio Santos, de 88 anos, assinou uma faixa e enviou uma coroa de flores ao velório de Gugu Liberato. Na homenagem ao apresentador, o dono do SBT escreveu: “Condolências de Silvio Santos”.

Aconteceria gravação do Programa Silvio Santos na tarde de ontem, mas o homem do baú ordenou o cancelamento dos trabalhos. O motivo da decisão do dono do Baú seria o luto pela morte do seu pupilo, apesar da assessoria da emissora, procurada, garantir que ele não especificou o motivo.

Era aguardada a ida do empresário, mas ele decidiu não ir. Segundo apurou o NaTelinha, Silvio Santos não foi dar o último adeus ao seu pupilo porque acabou convencido pela família a evitar fortes emoções.

Fontes afirmaram que Silvio ficou muito abalado com a morte de Gugu, o "filho homem que ele nunca teve". Pessoas ligadas à família e ao SBT confirmaram que o animador sentiu muito mais a morte de Gugu que de outros colegas, como Hebe Camargo, por exemplo.

Diante da fragilidade com que ele reagiu à tragédia, Silvio foi orientado a não ir ao velório e não colocar sua saúde em risco. Com 88 anos, ele já não apresenta o vigor físico de outros tempos, a tal ponto de ter cancelado sua participação no Teleton deste ano e ficar quase um mês sem gravar seu programa devido a uma forte gripe.

Celso Portiolli passou mal

Celso Portiolli chegou por volta do meio-dia de ontem na Assembleia Legislativa de São Paulo. Ele não conversou com os jornalistas e ficou ao lado dos familiares e amigos de Gugu, não segurando o choro.

Depois de um bom tempo na cerimônia, Celso passou mal e precisou descer uma rampa para receber atendimento. Muito emocionado, ele recebeu o amparo de amigos que foram dar o último adeus ao apresentador.

Outro que se demonstrou muito abalado com a morte de Gugu foi Marcos Mion. Ele chorou e conversou com Maria do Céu, dando sua solidariedade a idosa.

Eliana ficou próxima do corpo do apresentador, conversou com a imprensa e relatou que tinha forte ligação com o ex-colega.

Visitas da madrugada

Leão Lobo, Sérgio Mallandro e Ratinho resolveram se despedir de Gugu na madrugada desta sexta, evitando tumulto.

“Estávamos no [cabeleireiro] Jassa e ele me falou uma coisa linda: que não buscava mais o sucesso, falou que agora procurava a paz. A paz é mais importante do que o sucesso, ele disse”, contou Ratinho.

Fãs cantam Pintinho Amarelinho

Se teve gente preocupada em tirar fotos de Gugu, outros fizeram questão de homenageá-lo, fosse com histórias ou cantando. Durante as coberturas das emissoras de televisão, foi muito comum ver pessoas dançando Pintinho Amarelinho e Baile dos Passarinhos.

As duas músicas fizeram sucesso nos anos 90 e marcaram os telespectadores que acompanharam o apresentador ao longo da sua carreira.

Adeus

Rose Miriam Di Matteo falou sobre o momento que está passando, em uma das primeiras entrevistas à televisão, feito conseguido pela RedeTV! no especial Despedida Gugu, que está com a apresentação de Sônia Abrão, João Kléber e Olga Bongiovanni ao vivo na manhã de hoje.

A rápida entrevista aconteceu quando ela estava entrando no carro do Corpo de Bombeiros, rumo ao cemitério Getsêmani, no bairro do Morumbi, em São Paulo. Visivelmente abalada e sem força na voz, ela  apenas declarou: "O que eu tenho na vida devo a ele e a meus filhos".

O corpo de Gugu Liberato foi enterrado nesta manhã por volta das 12h15, no cemitério Gethsêmani do Morumbi, em São Paulo.

Milhares de fãs também compareceram ao local e puxaram uma forte salvas de palmas para se despedir do comunicador que fez muito sucesso na Record e, principalmente, no SBT. Os populares tiveram que ficar atrás de uma grade, pois o espaço do sepultamento ficou privado a família.

“Ei, Gugu, já disse que te amo hoje?”, gritaram os admiradores, imitando a homenagem realizada ao artista no reality show Canta Comigo, que Gugu Liberato apresentou entre 2018 e 2019. Vale destacar que a final da competição musical acontecerá na próxima quarta-feira (04).

Ao chegar no cemitério, Dona Maria do Céu, mãe do apresentador, foi aplaudida e homenageada pelos fãs. “Força, Maria do Céu”, gritaram as pessoas. Ela agradeceu o carinho do público e seguiu ao espaço da cerimônia, ficando muito emocionada.



Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!