Reportar erro
A mesma história

BBB21: Na velha narrativa do perseguido, participantes parecem nunca ter visto o reality

Em pouco mais de 10 dias, velho arco narrativo se repete

Juliette e Lucas
Juliette e Lucas: os perseguidos do BBB21 - Reprodução
Thiago Forato

Publicado em 06/02/2021 às 09:33:00

Estamos em 2021, na vigésima primeira temporada do Big Brother Brasil. Há mais de 10 dias no ar, os participantes do BBB21 provam que não fizeram a lição de casa antes de entrar no reality show.

Ainda que muitos possam ter contratado coachs, recebido dicas de como se comportarem e essa coisa toda, não adiantou nada. Depois de Lucas Penteado ter "despirocado" na semana passada e movimentado a casa inteira, todos ficaram contra ele. Até aí, nenhum problema.

A grande questão foi que todos continuaram martelando na mesma questão, massacrando o rapaz sem mais motivos para isso. A vida não seguiu e novas narrativas são impedidas de serem construídas.

Os perseguidos do BBB21

O mesmo vale para Juliette. Mas ao contrário de Lucas, ela não fez nada. Assistindo ao pay-per-view e a própria edição, me questiono porque cargas d'água ela sofre uma implicância e uma rejeição tão grande dentro da casa. É alguém que clama por comunicação, mas é isolada sem nenhum motivo concreto.

Dado isso, os outros 17 brothers pecam, em sua maioria, pela ignorância daquilo que o público sente quando esse tipo de cena se repete. A velha narrativa dos perseguidos mais uma vez vem se desenhando e galgando favoritos ao prêmio de R$ 1,5 milhão.

Karol Conká relembra até com certa insistência como foi o BBB20. A história do Teste de Felicidade, a união das mulheres contra os homens por um plano fadado ao fracasso e como elas saíram vitoriosas, não faz parte dessa temporada. 

Na tentativa de repetirem a temporada passada que alcançou grande visibilidade, alguns acabaram passando do tom e estão revivendo, sem perceber, a narrativa mais clichê de todas.

O último ato de Nego Di

Na última quinta-feira, Nego Di fez aquilo que era esperado, mas alguns só acreditaram vendo: o veto a Lucas. Traíragem ou ingratidão? O que ele fez não tem nome. Se não fosse por Lucas, não teria sido Líder.

Tentando surfar na onda contra o ex-aliado, promoveu uma das maiores injustiças, pra não dizer outra coisa, do BBB21. Como ainda há muitos a serem eliminados antes, sua hora talvez tarde a chegar.



Mais Notícias