Quarta-feira

Nota 0 e Nota 10: Celso Zucatelli na Gazeta e as chamadas das novelas da Globo

Nota 0 e Nota 10: Celso Zucatelli na Gazeta e as chamadas das novelas da Globo
Fotomontagem - NaTelinha

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 03/04/2019 às 06:30:37 Atualizado em 08/04/2019 às 16:01:24

Todos os dias aqui no NaTelinha, o jornalista Sandro Nascimento dá nota 0 e nota 10 para o que assiste, apontando o que gostou e o que não gostou na televisão.

As opiniões são pessoais e não refletem necessariamente a posição do site, mas seguem preceitos do jornalismo, como ética, imparcialidade e isenção.

A página também está aberta para comentários e debates sobre os assuntos retratados.

Nesta quarta-feira (3), os temas são "Celso Zucatelli na TV Gazeta" e  "Chamadas das novelas da Globo".

Na última segunda-feira (01), agora pela TV Gazeta, Celso Zucatelli finalmente voltou para a televisão à frente do "De A a Zuca".

Mas infelizmente, mesmo depois de um ano após sua saída da RedeTV!, ainda apresenta a nova atração no mesmo ritmo acelerado do seu antigo programa, "Fala Zuca".

Na RedeTV!, Zucatelli tinha 30 minutos para exibir reportagens, fazer merchans e abrir espaço para intervalos comerciais. Era tudo no ritmo de narração de Turfe.

Agora com 1h30 na TV Gazeta, não existe mais essa necessidade. Precisa desacelerar. Está excessivamente elétrico e foge do perfil do público desta faixa da emissora. Fica fora do tom.

As chamadas produzidas pela Globo para anunciar suas novas novelas, que despertam no público o desejo de assistir às produções.

A de "Órfãos da Terra", trama das 18h que estreou nesta terça-feira (02), está um primor.

Muita dessa alta qualidade das chamadas da emissora tem o dedo do publicitário Sérgio Valente.

Como já citou o colunista Chico Barney, do UOL, algumas vezes as chamadas são mais criativas que a própria criatividade na hora de contar as histórias.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!