Notas do dia

Nota 0 e Nota 10: A chatice do "BBB19" e o sucesso de "A Praça é Nossa"

Nota 0 e Nota 10: A chatice do
Divulgação

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 28/03/2019 às 06:00:37 Atualizado em 08/04/2019 às 16:06:36

Todos os dias aqui no NaTelinha, o jornalista Sandro Nascimento dá nota 0 e nota 10 para o que assiste, apontando o que gostou e o que não gostou na televisão.

As opiniões são pessoais e não refletem necessariamente a posição do site, mas seguem preceitos do jornalismo, como ética, imparcialidade e isenção.

A página também está aberta para comentários e debates sobre os assuntos retratados.

Nesta quinta-feira (28), os temas são “Big Brother Brasil” e “A Praça é Nossa”.

Confira:

Faltando pouco menos de um mês para a final do "Big Brother Brasil 19", esta edição ficará conhecida como um das mais chatas já exibidas pela Globo.

Ninguém se destacou na casa. Tudo ficou parado. A emissora até tentou, Tiago Leifert também incentivou, mas ninguém conseguiu sair do cargo de plantas da atração dirigida pelo Boninho.

Aos fãs de realities de confinamento, resta aguardar a estreia de "A Fazenda" no segundo semestre na Record. Antes, o "Power Couple Brasil" também pode suprir essa lacuna.

Mesmo no ar há 31 anos, “A Praça é Nossa" continua sendo uma das principais armas do SBT na busca pela liderança nas noites de quinta-feira.

Dentre outros fatores, isso se explica pela busca da renovação dos personagens e a forma visionária que Carlos Alberto de Nóbrega dirige a atração.

Nesses tantos anos de estrada, "A Praça" já viu inúmeros humorísticos surgirem e sendo cancelados na mesma velocidade. Mas ela continua lá, intacta e sempre atual.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!