Reportar erro
Alerta Nacional

Após ser processado por Xuxa e Luisa Mell, Sikêra Jr exibe zoofilia e não ri

Apresentador da RedeTV! voltou a associar homossexualidade a pedofilia

Sikêra Jr exibe estupro de animal e, desta vez, não ri
Sikêra Jr exibe estupro de animal e, desta vez, não ri - Foto: Reprodução/TV A Crítica/RedeTV!
Paulo Pacheco

Publicado em 06/11/2020 às 20:20:30

Processado por Xuxa Meneghel e Luisa Mell após exibir um estupro de animal e rir do crime, Sikêra Jr voltou a falar sobre zoofilia no Alerta Nacional, porém não esboçou nenhuma risada. Nesta sexta-feira (6), na RedeTV!, o apresentador noticiou um candidato a vereador do PT em Caldas Novas (GO) estuprando uma cadela e, desta vez, não achou graça do ato criminoso.

Sikêra Jr exibiu o material completamente borrado por considerar a imagem forte demais (diferentemente do episódio que gerou repúdio de famosos com a tag #ZoofiliaNãoÉPiada). Sem explicar por que riu de um estupro em um programa anterior, o apresentador voltou a falar de zoofilia para atacar novamente Luisa Mell e Xuxa, mas com codinomes para evitar novas ações judiciais: "Lulu" e Maria Engraçada" (Maria da Graça).

"Lulu chorona? Daqui a pouco ela aparece com as lágrimas dela, que ninguém acredita mais. Ninguém acredita mais, Lulu! Dona Maria, uma boa causa aqui! Junte a tua turma aí para ver se dá alguma coisa. Será que vai dar um like bacana? Será que o assunto rende uma semana?", provocou Sikêra.

Em seguida, o titular do Alerta Nacional repetiu o ataque ao livro Maya: Bebê Arco-Íris, escrito por Xuxa e que conta a história de uma criança com duas mães. Ele ainda comentou a entrevista da apresentadora ao Fantástico e falou do filme Amor Estranho Amor (1982), em que a loira interpreta uma garota de 15 anos, vendida a um prostíbulo, que se relaciona com um menino de 12 anos.

"Quem precisa de mídia agora são vocês, para vender livro para criança, e o teor é desgraçado. A família tradicional não aceita, não admite. Dona Maria, porque a senhora impediu o filme de circular durante 30 anos, se não tem nada demais? A ficção naquela época não existia e agora é ficção? Hein, dona Maria? Manifeste-se, dona Maria! Vamos fazer uma hashtag aí! Pessoal dos sites aí, amiguinhos, reúnam uma turma boa de artistas!", disse o apresentador.

Sikêra Jr ataca Luisa Mell e Caetano Veloso

Sikêra continuou falando mal do ativismo de Luisa Mell e insistiu na acusação de que ela paga apenas R$ 500 a veterinários de seu instituto, fato desmentido por ela em vídeo no Instagram: "Você ganhando muito dinheiro, muita grana, gastando pouquíssimo. Foi um ótimo negócio que você fez. 500 contos para o veterinário, 1 milhão no bolso. E as celebridades participando. Lulu, suas lágrimas não convencem mais a ninguém".

Antes de falar de zoofilia para atacar Xuxa e Luisa Mell, Sikêra associou novamente a homossexualidade a pedofilia. Além de falar do livro da "rainha dos baixinhos", sugere que um cantor é pedófilo, sem citar o nome dele para evitar processos. O artista em questão é Caetano Veloso, que venceu um processo milionário contra Olavo de Carvalho. O guru ideológico do governo Bolsonaro relacionou o casamento do cantor com Paula Lavigne a pedofilia. 

"Eu quero entender que tara é essa nas nossas crianças. É cantor de 40 pegando menina de 13 no próprio aniversário. Sabe dessa história, né? Você sabe quem é o cantor? Vai no Google, coloque assim: 'Cantor no aniversário de 40 anos pegou uma menina de 13'. Vai no Google, não acredite em mim, não vou dizer nem nome aqui. Cantor de 40 pega uma menina de 13, 13! A podridão é tão grande, a nojeira é tão grande, e um pequeno grupo de tarados, de pedófilos, quer dizer que isso é doença. É livro LGBT para criança. Dona Maria, dona Maria, a senhora já é uma 'véia', a senhora fazendo livro LGBT para criança. Para criança! A senhora não quer isso para a senhora, nunca quis, para empurrar na criançada?".



Mais Notícias