Xuxa x Sikêra Jr

Campanha de Xuxa chega à RedeTV!; Instagram bane post mentiroso de Sikêra Jr

Sonia Abrão participa de ato contra zoofilia; apresentador publica informação falsa

Campanha de Xuxa chega à RedeTV!; Instagram bane post mentiroso de Sikêra Jr
Sonia Abrão apoia campanha de Xuxa contra Sikêra Jr; apresentador tem post banido - Foto: Montagem/Reprodução/Instagram

Paulo Pacheco

Publicado em 29/10/2020 às 17:50:01

A campanha de Xuxa Meneghel contra Sikêra Jr chegou à RedeTV!. A "rainha dos baixinhos" convidou Sonia Abrão, colega de emissora do apresentador, para aderir à tag #ZoofiliaNãoÉPiada, criada após o titular do Alerta Nacional exibir o estupro de um animal e rir do crime.

Até a tarde desta quinta-feira (29), Xuxa divulgou o vídeo com Sonia Abrão e outras 45 celebridades, incluindo o marido, Junno Andrade, e a filha, Sasha, com seu namorado, João Figueiredo. A apresentadora do A Tarde É Sua é a primeira contratada da RedeTV! a participar da campanha de repúdio ao ato de Sikêra Jr.

O apresentador do Alerta Nacional tem mostrado desespero para justificar a exibição do estupro de um animal de seu programa. Imediatamente após receber críticas de Xuxa e Luisa Mell, ele associou a "rainha dos baixinhos" à pedofilia (e foi denunciado ao Ministério Público por isso) por ter escrito um livro infantil sobre uma garota com duas mães. Ele ainda inflamou seus telespectadores a publicarem nas redes sociais que o crime de pedofilia não prescreve.

continua depois da publicidade

Xuxa respondeu avisando Sikêra Jr de que seu ato durante o programa foi criminoso. "Artigo 287: Fazer publicamente apologia de fato criminoso ou de autor de crime: detenção de três a seis meses, ou multa", disse a apresentadora em outro vídeo.

Sobre Luisa Mell, ex-apresentadora da RedeTV! e ex-namorada do dono da emissora, Amílcare Dallevo, Sikêra afirmou que a ativista "só vive atrás de homem casado".

Instagram bane post mentiroso de Sikêra Jr

Nesta quinta, Sikêra informou no Instagram que seu story com o trecho de seu programa que mostra o estupro de um animal havia sido excluído. "O vídeo completo do caso de zoofilia foi apagado pelo Instagram", escreveu.

continua depois da publicidade

Segundo o Instagram, o story de Sikêra violava as "diretrizes da comunidade". Pelas regras da rede social, é proibido publicar "conteúdos que mostram relações sexuais" e "vídeos de violência explícita", como aparece na cena de estupro exibida no Alerta Nacional.

Em uma sequência de stories, o apresentador ainda ressuscitou a exposição Queermuseu, de 2017, alvo de protestos de grupos de extrema-direita que associaram erroneamente as obras expostas a pedofilia e zoofilia, além de "ofensa ao cristianismo" por retratos de Jesus e outros símbolos religiosos.

Uma das publicações de Sikêra, entretanto, também foi banida pelo Instagram por conter uma "informação falsa", ou seja, uma mentira. Em parceria com agências de checagem de notícias, a rede social bloqueou a imagem de uma suposta pintura que retrataria pedofilia e que teria sido exposta na Queermuseu, o que não ocorreu.

continua depois da publicidade

Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!