Reportar erro
Desabafo

Filha de Rodrigo Constantino reage a fala do pai sobre estupro: "Fiquei abalada"

Comentarista foi demitido da rádio Jovem Pan por dizer que castigaria filha se fosse estuprada

Laura Constantino reage a fala do pai, Rodrigo Constantino, sobre estupro
Laura Constantino reage a fala do pai, Rodrigo Constantino, sobre estupro - Foto: Montagem/Reprodução/Instagram/YouTube
Paulo Pacheco

Publicado em 04/11/2020 às 21:27:00

Filha de Rodrigo Constantino, Laura desabafou sobre a declaração do pai que provocou a demissão dele da rádio Jovem Pan. Durante uma live, o comentarista afirmou que castigaria a filha se fosse estuprada. Em sua rede social, ela admitiu ter ficado "muito abalada" com a fala que a envolve.

"Se minha filha chegar em casa e falar: 'Pai, fui a uma festinha e fui estuprada'. Eu: ‘Me dá as circunstâncias'. 'Ah, fui para uma festinha, eu e três amigas, tinham 18 homens, nós bebemos muito, estava ficando com dois caras, acabei dormindo lá e eu fui abusada'. Ela vai ficar de castigo feio, e eu não vou denunciar um cara desse para a polícia", disse Constantino, que chamou feministas de "recalcadas, ressentidas, normalmente 'mocreias', vadias, odeiam homens, odeiam união estável, casamento, odeiam tudo isso".

Laura publicou em seu perfil no Instagram, que é fechado para quem não a segue, uma série de stories sobre a fala de Rodrigo Constantino que a envolvia. Ela tentou defender o pai, embora tenha admitido que ficou "muito abalada" com a declaração sobre estupro.

"Eu não gosto de me envolver em polêmica, mas eu recebi muitas mensagens hoje de amigos e pessoas que não conheço falando sobre o que aconteceu em relação ao meu pai, e realmente me deixou muito abalada", iniciou Laura.

"Ele falou que se a filha dele, que sou eu, fosse estuprada, não iria denunciar o crime, que ele iria me colocar de castigo. Isso me afetou muito, porque eu conheço o meu pai, sei que é uma pessoa que tem caráter, que é contra o estupro, como qualquer pessoa que tem caráter é. Eu ter que ler uma coisa dessas mexeu muito comigo, porque eu tenho certeza que se alguma coisa, Deus me livre, acontecer comigo, meu pai seria a primeira pessoa que iria ficar do meu lado, iria atrás de quem cometeu esse crime, denunciaria essa pessoa, porque qualquer pessoa, qualquer pai que tem caráter iria fazer isso, uma pessoa boa iria fazer isso", prosseguiu a filha do comentarista.

"Ter que ler uma coisa assim do meu pai realmente me abalou muito. Sei que muita gente que estava nesse vídeo não concorda com o que ele fala e não gosta dele, mas é que realmente eu tenho certeza que se alguma coisa acontecesse ele iria ficar do meu lado. Eu só precisava falar isso, porque ter que ler tanta gente falando que eu tenho um pai que é a favor do estupro e coisas assim não tem como, porque eu sei que ele não é isso", complementou.

Confira o comunicado da rádio Jovem Pan sobre a demissão de Rodrigo Constantino:

O Grupo Jovem Pan tem como premissa a liberdade de expressão e o amplo debate entre seus comentaristas. Diante do ocorrido nesta quarta-feira, 4, em uma live independente, promovida fora de nossas plataformas, por um de nossos comentaristas, a Jovem Pan esclarece que desaprova veementemente todo o conteúdo publicado nos canais pessoais e apresentado nessa live. Reafirmamos que as opiniões de nossos comentaristas são independentes e necessariamente não representam a opinião do Grupo Jovem Pan. No caso de Mariana Ferrer, defendemos que a vítima não deve ser responsabilizada pelos atos de seu agressor, apesar do respeito que todos nós devemos ter às decisões judiciais. Em consequência do episódio, na tarde desta quarta-feira, Rodrigo Constantino foi desligado de nosso quadro de comentaristas.

Assista ao desabafo da filha de Rodrigo Constantino:

Mais Notícias