Reportar erro
Adaptações

Domingão do Faustão adaptará Troféu Mário Lago e Melhores do Ano é suspenso

Dominical também se adaptou ao "novo normal"

Faustão com o microfone na mão no Domingão
Fausto Silva no seu dominical - Divulgação/TV Globo
Redação NT

Publicado em 04/11/2020 às 09:36:12

O Domingão do Faustão adaptará o Troféu Mário Lago no final deste ano por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e não exibirá o tradicional Melhores do Ano por conta da falta de conteúdo inédito, segundo informou o jornal O Globo desta quarta-feira (4).

O Troféu Mário Lago não poderá premiar um profissional do grupo de risco do Covid-19. A produção quer evitar levar alguém aos estúdios que esteja mais vulnerável e suscetível a doença. E o Melhores do Ano, como destaca atrações e profissionais da Globo, não será exibido. As produções dramatúrgicas foram suspensas em março e estão voltando aos poucos.

O próprio Fausto Silva fez 23 programas em casa quando o Brasil entrou em quarentena diante da pandemia. O apresentador também é parte do grupo de risco, já que tem 70 anos de idade. O Domingão está sendo previamente gravado, sem auditório e com as bailarinas de máscara.

Tempo e profissionais reduzidos no Domingão do Faustão

Além disso, o programa, que é feito com cerca de 300 pessoas, agora conta com 65. As bailarinas, que antes somavam 40, agora são apenas 15. Na volta, em agosto, Faustão explicou que o dominical vem obedecendo todos os protocolos das atividades sanitárias.

A plateia virtual vai continuar enquanto não houver vacina. "Enquanto durar a pandemia, não teremos mais a presença de vocês, apenas na nossa plateia virtual", disse na ocasião.

Além disso, o dominical de Faustão teve seu tempo reduzido. Antes com três horas, viu seu tempo diminuir para duas, e o Fantástico, desde a pandemia, vem entrando no ar pontualmente às 20h.

Mais Notícias