Polêmica

Cátia Fonseca se revolta com "estupro culposo": "Coisa mais podre"

Apresentadora criticou a absolvição de André de Camargo Aranha

 Cátia Fonseca se revolta com "estupro culposo": "Coisa mais podre"
Cátia se posicionou sobre caso Mariana Ferrer - Foto: Reprodução/Band

Redação NT

Publicado em 04/11/2020 às 15:33:00

Nesta quarta-feira (4), Cátia Fonseca ficou indignada com a absolvição de André de Camargo Aranha, acusado de estuprar Mariana Ferrer. Durante seu posicionamento no Melhor da Tarde, da Band, ela detonou o advogado do caso, Cláudio Gastão da Rosa Filho. A atração exibiu imagens do julgamento e a apresentadora não gostou nem um pouco da fala do defensor.

continua depois da publicidade

“Estupro culposo, quando não há intenção de estuprar. Eu não sabia que tinha pênis andando sozinho sem o corpo”, iniciou a comunicadora. “Mariana Ferrer, em 2018, estava em um clube de boa, se divertindo. Aí, de repente, sabe-se Deus porque, esse rapaz, André de Camargo Aranha, tem o vídeo mostrando ele subindo com a menina para um camarote. Ela era virgem na época e ele a estuprou. Até aí já é terrível, só mais terrível é o posicionamento da nossa Justiça no momento de analisar um problema sério como esse”, disparou.

continua depois da publicidade

Cátia ficou ainda mais irritada ao contar ao telespectador a maneira como Mariana foi tratada durante o julgamento de André. “Isso é a coisa mais podre. Eu, particularmente, faço questão de dar o nome de todos esses desgraçados porque, se você for contratar um advogado, acho bom você contratar um bom advogado. Eu, Cátia, não contrato criatura que tem esse tipo de atitude que ele teve”, detonou a apresentadora.

continua depois da publicidade

Logo em seguida, o programa mostrou a fala do promotor designado para o caso, que usou como justificativa que o empresário não tinha como saber, durante o ato sexual, que a blogueira não estava em condições de consentir a relação, e com isso, não existiria a intenção de um estupro. O juiz aceitou a argumentação de que André teria cometido um "estupro culposo", e como esse crime é inexistente na legislação, ele foi absolvido.

continua depois da publicidade

“Eu fico tão desiludida, é de saco cheio, a gente ouvir um negócio desses de um advogado dizendo que ele não pode imaginar que um filho teria qualquer coisa com uma moça como ela. Que ela foi demitida do café, devendo sete meses de aluguel e que quer ganhar seguidores”, desabafou Cátia.

Cátia Fonseca seguiu o mesmo caminho que o Craque Neto

Cátia Fonseca assume a programação da Band em sequência de Os Donos da Bola, programa do Craque Neto. Nesta quarta, o apresentador também se posicionou sobre o caso de Mariana Ferrer e detonou a absolvição de André. Ele pediu que as pessoas cobrem seus direitos e não permita que novas injustiças aconteçam.

continua depois da publicidade

“Se fosse estupro culposo na minha filha, na sua mãe, da sua vó, você ia tá só no Instagram? Não! Vamos fazer mais! Vamos partir pra cima, não vamos abaixar a cabeça. Não tem isso de estupro culposo. Se eu pegar na perna de uma mulher ou uma mulher pegar na perna de um homem sem permissão, é estupro. Que por sinal, 187 mulheres são estupradas, a cada 11 minutos uma mulher é estuprada. É futebol que a gente faz, mas a indignação é incrível”, comentou.

continua depois da publicidade