Reportar erro
Os Ausentes

Criador da primeira série brasileira da HBO Max revela: "Eu escrevia e chorava em casa"

Nova série da HBO Max, Os Ausentes estreia dia 22 de julho

Erom Cordeiro e Maria Flor em Os Ausentes
Erom Cordeiro e Maria Flor protagonizam Os Ausentes - Foto: Divulgação/HBO Max
Thiago Forato

Publicado em 15/07/2021 às 12:20:00,
atualizado em 15/07/2021 às 12:25:09

Primeira produção brasileira da HBO Max e com estreia programada para 22 de julho, Os Ausentes teve tratamento e grandiosidade de série internacional, como de fato é. A história do ex-delegado Raul (Erom Cordeiro), que decidiu abrir uma agência de investigação de pessoas desaparecidas após o sumiço de sua filha Sofia, contou com mais de 100 locações, 100 atores, um mil figurantes e quase 800 horas de set. O assunto mexeu com o criador da série, Thiago Luciano. "Eu escrevia e chorava em casa algumas vezes", relembrou ele em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (15).

Erom Cordeiro afirmou que teve um longo período de preparação antes de começar a filmar. "O Raul é um cara atormentado por uma tragédia pessoal e que no seu trabalho tenta também se curar", opina, que vê seu personagem revirar o submundo de São Paulo para encontrar a filha desaparecida. 

O autor Thiago Luciano destacou a proximidade da temática de desaparecimento de pessoas com a realidade brasileira, sobretudo da maior metrópole da América Latina. "Em São Paulo, duas pessoas desaparecem a cada hora. Foi uma luta para chegar nessas histórias diárias. Eu escrevia e série e chorava em casa algumas vezes. Mas, foi delicioso", enfatizou ele, que não esconde a ansiedade pela estreia.

Histórias cruzadas em Os Ausentes

A série traz também Maria Júlia, interpretada por Maria Flor. Sua história cruza a de Raul quando foge de Buenos Aires depois de seu pai sumir misteriosamente. Sua chegada agita a rotina do ex-delegado. "A A Maria Júlia é uma personagem muito cativante, foi uma surpresa. Nunca tinha feito uma série de mistério, investigação, foi a primeira vez que entrei em contato com esse universo. E é muito pesado mesmo", pontuou.

"Vários momentos da série a gente tinha que se aproximar de sensações e sentimentos por conta de pessoas que estavam perdendo seus entes queridos. Fizemos cenas que considero muito tocantes pra mim. E me envolvi porque é muito real. Crianças desaparecem no Brasil. Em São Paulo, que é um personagem é uma cidade enorme e tem essa característica e essas coisas acontecerem. As locações ajudaram muito nesse sentido", acrescentou ela, elogiando o texto de Thiago.

Segundo Erom, Os Ausentes conseguiu percorrer São Paulo a fundo, desde os becos até represas de Guarapiranga. "E a gente vê várias cidades dentro da mesma cidade", observou o protagonista.

Os Ausentes conta com 10 episódios de 45 minutos cada e um caso diferente a cada um deles. Além de Erom Cordeiro e Maria Flor, a série conta ainda com Jacqueline Sato e César Troncoso. A direção geral é de Caroline Fioratti, e o diretor é Raoni Rodrigues. As produtoras são Mara Lobão e Silvia Fu Elias.



Mais Notícias