Homofobia

Marco Pigossi sobre ser gay: "Pedia para Deus me consertar"

Ator, que assumiu namoro com cineasta italiano no ano passado, falou sobre dificuldade em superar "homofobia enraizada"


Marco Pigossi posa para foto postada no Instagram
"A pessoa que se aceita e está feliz com o que é conhece uma força enorme", defendeu Marco Pigossi - Foto: Reprodução Instagram/Gérson Lopes

Marco Pigossi falou sobre a dificuldade em se aceitar e também de se assumir gay em entrevista divulgada nesta segunda-feira (11). O ator de 33 anos se declarou homossexual ao postar uma foto com o namorado, o cineasta italiano Marco Calvani, no ano passado.

“Eu rezava, pedia a Deus para me consertar. A homofobia é tão enraizada que, por mais que a gente assuma, ainda vai lidar com o preconceito interno. Vesti a máscara heterossexual, sempre fui observado pela beleza”, relatou Marco Pigossi, em entrevista ao jornal O Globo.

“Fiz esse personagem hétero para me esconder, o que deixou minha vida mais confortável. E sou branco, privilegiado, classe média, filho de médicos. Imagina quem está na favela, é negro…”

Marco Pigossi

O ator ainda saiu em defesa da aceitação. “A pessoa que se aceita e está feliz com o que é conhece uma força enorme. Se sente com poder para ocupar espaços. E o encontro com a comunidade é uma corrente bonita, a gente se sente fortalecido, cria um senso comunitário.”

“Porque, no fundo, o que a gente mais quer é pertencer. Como homossexual, sentia que não pertencia a nenhum grupo. Todos esses corpos passam por isso. E quando passam a pertencer... É do caralho!”, classificou Pigossi.

“Me desenvolvi tentando manter um corpo masculinizado. E acho que isso veio do trauma de não poder me assumir, foi uma maneira de me proteger. Mas, hoje, aquela sombra de ‘não desliza’ desapareceu.”

Marco Pigossi

Marco Pigossi se trancou em banheiro de aeroporto após boatos de romance com colega de novela

imagem-texto

Marco Pigossi já havia falado sobre o assunto em entrevista à revista Piauí. À publicação, ele contou que, enquanto gravava a novela Fina Estampa (2011), se viu envolvido em rumores de que estaria se relacionando com um ator da mesma novela. Mesmo sem ter seu nome divulgado, o ator sabia que se tratava dele e teve uma crise em um aeroporto do Rio de Janeiro.

"Comecei a tremer e suar. Fui para o banheiro do aeroporto, me tranquei em uma cabine e comecei a vomitar. Liguei para meu parceiro, chorando. Eu dizia para mim mesmo que minha carreira tinha acabado. Não conseguia sair dali. Meu companheiro teve que pegar um voo de São Paulo ao Rio para me buscar. Fiquei horas trancado dentro da cabine, até ele chegar", contou, dizendo que ficou em pânico mesmo sabendo que a notícia era falsa.

Na ocasião, o ex-funcionário da Globo contou que uma entrevista de Silvio de Abreu o marcou de forma negativa. “Ele dizia que atores gays não deviam assumir sua sexualidade publicamente, pois as donas de casa e telespectadoras em geral enxergam o galã como 'machão'.”

“Ele dizia que um ator assumido era um 'bobo', pois a revelação fatalmente prejudicaria sua carreira”, lembrou o paulistano, que na época era um dos atores mais requisitados da emissora e colecionava papéis de mocinhos.

Em 25 de novembro de 2021, Marco Pigossi assumiu sua relação com Marco Calvani, diretor italiano de 40 anos. O casal postou uma foto nas redes sociais em que aparece de mãos dadas saindo de uma praia em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ao compartilhar a imagem nos stories do Instagram, Pigossi brincou com a situação. "Chocando zero pessoas", escreveu.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos