Thiago Forato
Enfoque NT

Com fim da Champions League e torneios da UEFA, SBT provou que competições estão em boas mãos

SBT cobriu brilhantemente os torneios europeus nessa primeira temporada do acordo


Logo do SBT na Champions League
SBT ainda tem mais duas temporadas para transmitir as competições da UEFA - Foto: Reprodução/SBT

O SBT fechou no ano passado um acordo com a UEFA para transmitir seus principais torneios de clubes por três temporadas e depois desta primeira ter terminado, não há dúvidas que todos eles nunca tiveram cobertura parecida na televisão aberta. Repetir isso é praticamente chover no molhado.

Ainda falta a finalíssima da Liga dos Campeões que acontece neste sábado (28) entre Liverpool e Real Madrid com início da transmissão às 14h15 e bola rolando às 16h, mas o SBT já pode se declarar vitorioso. Fez que o que ninguém fez. Não fez porque não se interessou ou porque não conseguiu fazer.

É bem verdade que alguns dos confrontos mais interessantes a emissora não mostrou por força de contrato. Exibir jogos diferentes de ida e volta não é das melhores opções, mas a regra é essa desde o início.

Ainda há muito o que crescer nas próximas temporadas em audiência e relevância. Se na Champions o SBT deu até sorte em parte das pelejas, o mesmo não pode se dizer da Liga Europa, que foi exibida apenas a partir das semifinais com times notadamente de pouco apelo midiático, o que se refletiu no Ibope marcando somente 3 pontos. Até a decisão da Conference League, novo torneio que a UEFA implementou (e que não duvidem da Conmebol logo fazer o mesmo por aqui) teve uma final mais interessante entre Roma e Feyenoord, ainda que a audiência também tenha sido de 3.

O SBT mostrou absolutamente tudo, desde um pré-jogo honesto até a entrega do troféu e um pós-jogo completo. Ganha o público, principalmente aquele que não tem a possibilidade de assinar TV paga ou alguma plataforma de streaming.

Impasse no SBT

Falando em SBT, ainda não se sabe se Carinha de Anjo (2016-2018) terá substituta na faixa das 21h30. O que se sabe é que se houver alguma, será nacional. Qualquer produto enlatado está fora de cogitação.

Cara e Coragem I

A Globo está apostando forte na próxima novela das sete que estreia nesta segunda-feira (30). Produziu um Profissão Repórter especial, mandou fazer sessão de filme e divulgação engraçadinha no Domingão com Huck. Vai até reprisá-la nas madrugadas em um novo horário aberto especialmente para a produção. Oras...

Cara e Coragem II

Isso está diretamente relacionado aos filmes que andam escassos. Como este jornalista que vos fala escreveu em abril, a Globo é a única que continua apostando em filmes de maneira contínua e até pesada. Não é compensador exibir produções de Hollywood de madrugada. Como citei na matéria que você pode ler aqui (recomendo a leitura), os filmes na TV hoje, sobretudo na Globo, são um negócio que se investe milhões de dólares para um retorno de milhares de reais.

Era uma vez

Esse tipo de atitude é mais uma das tantas que nos faz ter certeza que a Globo como conhecemos não existe mais. Morreu. Aquele cuidado com a programação, escalação de elenco e até respeito com os profissionais é uma coisa que ficou no passado. A emissora passou a adotar um discurso bastante moderninho, mas só da boca pra fora. Segue como líder e motivo de orgulho por exportar as novelas para o mundo todo, mas nem de longe é sombra daquela Vênus Platinada que já foi um dia. 

O que diria Boni?

Com fim da Champions League e torneios da UEFA, SBT provou que competições estão em boas mãos

Com algumas atitudes que se assemelham até às de Silvio Santos nos anos 90, o que será que diria Boni da Globo nessa atual conjuntura? Um homem que comandou a emissora com mãos de ferro e impôs o tão falado padrão de qualidade... De todo modo, assim como era o SBT e ainda é quando há mudanças nonsense, o mesmo vale para a Globo. Não é só porque ela faz que virou tendência, até porque, reapresentar novelas em horário alternativo é uma coisa que o próprio SBT fez nos anos 90 com Éramos Seis (1994). Não na madrugada, mas a ideia é basicamente a mesma.

Não emplaca

Nem com toda a baixaria do mundo o Power Couple Brasil 6 consegue deslanchar. Também é um caso perdido. É a Record aceitar que o público não quer saber desse reality, e quanto mais cenas lamentáveis tem, parece que mais afasta o telespectador. É uma cena mais chocante que a outra, mas ao que parece, ninguém se importa. Não por acaso os anunciantes passam longe.

Concorrência pesada

Falando em Record e reality, A Fazenda 14 vai enfrentar uma concorrência pesada em setembro. Enfrentará uma Verdades Secretas 2 possivelmente já embalada. A obra de Walcyr Carrasco estreia em 30 de agosto e vai ao ar de terça a sexta-feira.

Nova temporada de Bugados

Com fim da Champions League e torneios da UEFA, SBT provou que competições estão em boas mãos

No ar desde 2 de maio diariamente às 18h no Gloob, a quarta temporada de Bugados segue fazendo sucesso na TV por assinatura. Ryancarlos de Oliveira, que interpreta o Neo, disse à coluna que seu personagem está mais maduro. E promete: "Ele está deixando de ser um herói medroso e passando a encarar desafios com mais coragem, ainda mais agora que ele tem mais de 10 mil poderes".

Um Take, Um Som

No Music Box Brazil, estreia na próxima quarta-feira (1º), às 21h15, a segunda temporada da série Um Take, Um Som. A obra conversa com compositores e compositoras do Brasil sobre sua relação com a música e seus processos criativos. Entre os artistas entrevistados estão Letrux, Dona Onete, Ana Frango Elétrico, Nelson Ângelo e Chico Chico.

Traço

A RedeTV! mudou a ordem dos fatores, mas como a gente sabe que ela não altera o produto, não deu outra: traço, traço, e traço. A programação matutina do canal é um traço. Bom Dia Você, Você na TV e Vou te Contar. Ninguém sabe mais o que fazer para salvá-los. E cá entre nós, não deve haver mesmo salvação.

Traço II

Na parte da manhã, a Band não está muito atrás. O The Chef com Edu Guedes tem seu valor comercial, mas nos números de audiência, também dá quase traço. No arredondado, é traço, aliás. As coisas só começam a melhorar com o Jogo Aberto às 11h. Só falta as primeiras horas do dia para a Band ser um pouquinho mais competitiva.


Thiago Forato é jornalista, assina a coluna Enfoque NT desde 2011, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Forato também é autor do blog https://parlandodepalmeiras.com.br. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias