Enfoque NT

Game dos Clones diverte com novo conceito em reality de namoro

Sabrina Sato apresenta o reality na Amazon

Game dos Clones diverte com novo conceito em reality de namoro
Sabrina Sato ao lado de Aline, primeira participante do Game dos Clones - Divulgação/Amazon

Thiago Forato

Publicado em 17/10/2020 às 08:53:06

Estreou nessa sexta-feira (15), na Amazon Prime Video, o novo reality brasileiro Game dos Clones, comandado por Sabrina Sato. O programa vai ao ar na Record a partir do dia 30, e apesar da roupagem moderna, bebe da fonte de antigos programas de namoro, mas com um conceito pra lá de diferente: o de poder descrever seu tipo físico e ter sete deles para escolher.

No primeiro episódio, Aline Tofalo descreveu o tipo que gosta: caras pretos como Lázaro Ramos, e se tiver tatuagem ganha alguns pontinhos. Como em um retrato falado ou jogando The Sims, os participantes titulares descrevem os parceiros ideais e os produtores rebolam para encontrar sete pessoas exatamente como solicitado.

Em um trabalho de escolha de elenco de impressionar pelo êxito em localizar tipos físicos tão parecidos, essa é a premissa do Game dos Clones. Mas como disse Sabrina Sato em coletiva de imprensa realizada nesta semana, é exatamente isso que faz com que o solteiro observe além da aparência.

Logo no início, depois de um encontro de um minuto, o participante solteiro, que no caso foi Aline, teve que eliminar alguém de primeira para restar somente seis clones. E tudo se resolve em apenas um episódio. Faltam nove.

Agilidade é praxe em realities como Game dos Clones

Todos independentes, esse também é um dos acertos do Game dos Clones, que como é de praxe em realities em serviços por streaming, tem agilidade na edição e pouca (ou nenhuma) enrolação. Em cerca de 50 minutos, já sabemos quem conquistou o coração do solteiro (a) e fim.

O participante que chega à casa do Game dos Clones sabe que estará em um reality de namoro, mas não tem ideia do que vai encontrar. E a cena reveladora onde se depara com tantos tipos exatamente como descreveu para a produção é realmente impagável e um dos pontos altos do programa, logo nos primeiros minutos. Se deparar com vários "crushs" pode ser um sonho para alguns, enquanto para outros um tanto quanto assustador.

A partir daí, a produção planeja atividades, pequenos games para definir vencedores e até rivalidades entre os próprios clones, onde eles mesmos podem dar uma "forcinha" na eliminação, seja elegendo quem menos tem afinidade com o solteiro e até quem é mais vaidoso.

Sabrina Sato, que viu seu programa ser cancelado na Record, não é a estrela principal e pouco pode mostrar. Ela é apenas a mensageira e sua participação é limitada a isso, sem espaço para grandes momentos, embora sua espontaneidade seja algumas vezes acionada.

O grande protagonista é mesmo o formato que prende, e os clones que brigam entre si na tentativa de conquistar um novo coração.


Thiago Forato é jornalista, assina a coluna Enfoque NT desde 2011, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!