Reportar erro
Briga grande

Governo e Dória travam guerra de coletiva sobre Coronavac e atrapalham TV

Governo Federal e João Dória fizeram coletiva ao mesmo tempo

 Governo e Dória travam guerra de coletiva sobre Coronavac e atrapalham TV
João Dória e Pazuello travaram disputa de coletivas de imprensa - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 17/01/2021 às 18:40:03,
atualizado em 17/01/2021 às 18:59:48

O Governo Federal e o governador de São Paulo, João Dória, atrapalharam as emissoras de TV, como a GloboNews, na tarde deste domingo (17), ao travarem uma guerra de coletiva ao mesmo tempo e deixar todo mundo perdido. As duas entrevistas aconteceram para comentar a aprovação, pela Anvisa, do uso emergencial das duas vacinas, Coronavac e Aztrazeneca, e o início da imunização contra a Covid-19 no Brasil.

Logo depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária confirmou a aprovação das vacinas, o governador de São Paulo convocou uma coletiva de imprensa para comemorar e mostrar a primeira pessoa a ser vacinada no Brasil, fato que foi muito comemorado nas redes sociais e até virou meme postado pela apresentadora Ana Maria Braga.

Automaticamente, a GloboNews, que cobria ao vivo a avaliação da Anvisa, migrou para a coletiva do governador, que fez uma série de ponderações sobre os resultados positivos da Coronavac e do Instituto Butantan, responsável pela produção das doses para o solo brasileiro. Dória mostrou a enfermeira Mônica Calazans sendo vacinada ao vivo, mas pouco depois outra coletiva chamou a atenção da imprensa.

Duelo de coletivas atrapalham TV

Assim que o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, se posicionou na sede da Fiocruz, em Brasília, para falar com a imprensa, a GloboNews optou por dividir a tela e deixou o áudio no discurso do representante de Jair Bolsonaro. Acontece que Pazuello ainda não tinha tudo pronto para o início da coletiva e, por isso, a emissora rapidamente voltou apenas para o discurso de Dória, interrompendo a divisão da tela.

Pouco depois, no entanto, tudo se acertou para a coletiva do ministro da Saúde e a GloboNews retornou para acompanhar o discurso que, aliás, serviu para criticar João Dória por ter iniciado a imunização contra o coronavírus antes do restante do país.

Mais Notícias