Reportar erro
Em SP

Morre médico pró-cloroquina que ganhou destaque na Band

Anthony Wong tinha 73 anos e se tornou referência entre apoiadores de Jair Bolsonaro

Anthony Wong é entrevistado por Datena no Brasil Urgente
Anthony Wong participou de programas da Band, como o Brasil Urgente, comandado por Datena - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 16/01/2021 às 14:18:00

Morreu nessa sexta-feira (15), aos 73 anos, o médico Anthony Wong, que ganhou destaque na TV participando de programas como Aqui na Band e Brasil Urgente com um discurso controverso em relação à pandemia do coronavírus e favorável ao uso de hidroxicloroquina para tratar a doença. Ele estava internado desde dezembro no hospital Santa Maggiori, em São Paulo, e sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Pediatra e toxicologista, Anthony Wong era contrário às medidas de isolamento social e contrariava os entendimentos da Organização Mundial da Saúde (OMS) ao defender o uso de hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. Os especialistas em saúde apontam que a substância não tem comprovação científica e é contraindicada para o combate ao coronavírus.

Por conta de tais posicionamentos, Wong se tornou referência entre apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em maio, no Aqui na Band, o médico rebateu o infectologista e professor Jean Gorinchteyn, nomeado depois Secretário de Saúde de São Paulo, ao dizer que ele fazia uso de dados repetitivos para defender o lockdown.

No ano passado, Anthony Wong compartilhou notícia falsa para desacreditar vacina

Morre médico pró-cloroquina que ganhou destaque na Band

Em março, logo nos primeiros dias da pandemia, o senador Flávio Bolsonaro compartilhou um vídeo em rede social mostrando o momento em que a equipe da CNN Brasil interrompeu uma entrevista com Anthony Wong, que criticava o isolamento como tática para combater o coronavírus. Nos meses seguintes, ele passou a aparecer com frequência na Band.

O médico chegou a divulgar, em outubro, uma informação falsa para desacreditar a eficácia das vacinas ao afirmar que nenhuma delas havia passado pela fase pré-clínica de testes. Também viralizou um vídeo em que Wong tirou de contexto o índice percentual de efeitos adversos da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Nascido na China e naturalizado brasileiro, o médico formado pela Universidade de São Paulo (SP) atuava desde a década de 1970 no Instituto da Criança e do Adolescente do Hospital das Clínicas. Ele estava internado desde o fim de 2020, quando teve queda de pressão e mal estar e foi diagnosticado com úlcera gástrica e hemorragia digestiva.

Mais Notícias