Exclusivo

Demitidos da Globo negam convites e mentem para fugirem da Record e SBT

Artistas não querem desvincular sua imagem ao da antiga emissora

Demitidos da Globo negam convites e mentem para fugirem da Record e SBT
Logotipo da Globo / Foto: Divulgação

Publicado em 23/09/2020 às 04:00:58 ,
atualizado em 23/09/2020 às 20:42:34

Por: Sandro Nascimento

Os artistas que não tiveram seus contratos fixos renovados pela Globo, que vem priorizando vínculos por obra para reduzir despesas, estão mentindo para as produções dos programas do SBT, Record e RedeTV! para não participarem das suas atrações. Os ex-globais justificam aos produtores que ainda estão contratados, mas quando e equipe da emissora busca confirmar a informação com a Globo, ela desmente. Mesmo demitidos, os famosos não querem desvincular a sua imagem ao da antiga rede para valorizar seu passe em novos compromissos publicitários.

Segundo apurou o NaTelinha, os atores estão sendo orientados pelos seus agentes a não aceitarem nenhum convite da concorrência a fim de não perderem o status de global e manter sua imagem valorizada no mercado. Além disso, não aparecendo em atrações fora da Globo, acreditam que terão preferência no momento da escalação de novelas, séries e participação em outros produtos do canal, como Conversa com Bial e Fantástico.

No início do mês, um badalado galã que está no ar através de uma reprise, negou sua participação para um programa do SBT justificando que ainda estava com contrato em vigência com a Globo, mas era mentira. A equipe da rede paulista entrou em contato com o setor responsável da concorrente pela liberação de artistas e foi informado que o ator já tinha sido demitido.

Ex artistas da Globo não querem participar de programas 

O NaTelinha apurou que na Record e RedeTV!, as produções dos programas enfrentam a mesma dificuldade. Muitos artistas aproveitam que seu fim de contrato ainda não foi divulgado pela mídia para negarem participações. Quando sua demissão já foi exposta, a desculpa é que não estão viajando por conta da pandemia do novo coranavírus.

À reportagem, uma experiente produtora de TV se mostrou frustrada. Ela contou que as demissões em massa de estrelas da líder foram observadas como uma boa oportunidade de reforçar o elenco em participações nos produtos das concorrentes da Globo, como talk shows.

Historicamente, as emissoras fora da Globo sempre tiveram problemas no momento de escalar artistas para suas produções. A saída sempre foi optar por subcelebridades.

Desde setembro de 2018 quando iniciou o programa Uma Só Globo, que é a unificação das marcas do grupo  num único CNPJ, a emissora vem modificando seu modelo de contratação e dispensando alguns dos seus principais artistas, como Miguel Falabella, Vera Fischer, Renato Aragão, Zeca Camargo e Malvino Salvador. As baixas também fazem parte de um processo de enxugamento de despesas indicadas através da consultoria da empresa Accenture.

Na última semana, após a Globo dispensar o casal Tarcísio Meira e Glória Menezes, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, criticou a decisão no programa A Tarde É Sua, da RedeTV!.

"Quando a Globo começou, teve um ano de incertezas até que nós chegamos e evitamos que ela fosse à falência. Alguns artistas vieram não por salários milionários, porque não havia dinheiro. Eles vieram porque acreditaram em uma ideia, de forma diferente. Tem que haver uma gratidão em relação a esse pessoal, que eu considero investidores, não contratados da Globo", explicou Boni.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!