Em alta

Com coronavírus e política, GloboNews tem melhor audiência da história

Entre janeiro e agosto, emissora alcançou grandes índices no Ibope

Com coronavírus e política, GloboNews tem melhor audiência da história
Heraldo Pereira é o apresentador do Jornal das Dez - Foto: Reprodução

Publicado em 15/09/2020 às 14:00:00

Por: Naian Lucas

A GloboNews alcançou entre janeiro e agosto de 2020 a sua melhor audiência da história. O canal pago do Grupo Globo apostou em uma extensa cobertura sobre o coronavírus no Brasil e no mundo. A emissora também noticiou diversos temas que agitaram os bastidores políticos nacionais e internacionais, além das manifestações antirracistas dos Estados Unidos.

De acordo com os dados da Kantar Ibope obtidos pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, a GloboNews liderou o ranking de TV por assinatura na Grande São Paulo e ficou na segunda posição na Grande Rio de Janeiro e também no PNT (Painel Nacional de Televisão). O índice entre jovens de 18 a 24 anos cresceu 68%.

Nos oito primeiros meses de 2020, a emissora foi vista por mais de 28 milhões de telespectadores. A GloboNews exibiu mais de três mil horas de conteúdo ao vivo e contou com a participação de mais de 2,5 mil profissionais da área de jornalismo.

O GloboNews Debate, que recebe especialistas e autoridades para analisar a situação do coronavírus no país, foi um dos responsáveis pelo sucesso da programação do canal nos fins de semana. A Faixa Especial Coronavírus, exibida aos domingos, fez com que a audiência subisse 105% na faixa das 18h à meia-noite, levando a emissora da 17ª para a 5ª posição da TV por assinatura no PNT.

O Edição das 16h, comandado por Christiane Pelajo, aumentou seu Ibope em 116% em comparação com o período pré-pandemia. A Edição das 18h e Edição das 10h subiram 116% e 82%, respectivamente. O Estúdio I, apresentado por Maria Beltrão, cresceu 70%, enquanto o Em Ponto subiu 54% no país.

O Jornal das Dez, uma das principais produções do canal, também fez sucesso durante a cobertura do novo coronavírus e viu sua audiência saltar 25%. O Em Pauta é outra atração que aumentou seus índices em 40%.

GloboNews e a política

Além do coronavírus, a GloboNews também cobriu as principais polêmicas dos bastidores políticos. As saídas de Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde e de Sérgio Moro do Ministério da Segurança Pública e Justiça renderam ótimos índices para o canal por assinatura.

As saídas de Moro e Teich aconteceram nos dias 24 de abril e 15 de maio, respectivamente, e entraram no top 3 de maiores audiências da GloboNews. Fecha a lista o dia 22 de março, quando foi intensificado o isolamento social em diversas regiões do país.

Cobertura antirracistas

O assassinato de George Floyd, que ocorreu no final de maio, fez com que milhões de pessoas protestassem ao redor do mundo e a GloboNews fez um extenso trabalho para apresentar as principais informações sobre das manifestações.

No dia 3 de junho, o jornalista Heraldo Pereira comandou o Em Pauta e contou com a participação de cinco jornalistas pretas, como Maria Júlia Coutinho, Zileide Silva, Aline Midlej, Flávia Oliveira e Lilian Ribeiro. Todos os repórteres comentaram a onda de protestos antirracistas e relembraram os ataques racistas que sofreram ao longo da vida.

“Levar ao grande público um tema como o racismo tendo, na reflexão conjunta, algumas das profissionais com as quais convivo no nosso ofício é, ainda hoje, um marco do presente. Com significados futuros para muito além do jornalismo”, disse Heraldo Pereira sobre a edição.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!