Reportar erro
Alvo de ataques

Família Bolsonaro compartilha mentira sobre jornalista da GloboNews

Filhos do presidente distorceram vídeo com análise de Octávio Guedes

Octavio Guedes, comentarista da GloboNews
Octavio Guedes, comentarista da GloboNews (Foto: Reprodução/GloboNews)
Paulo Pacheco

Publicado em 17/08/2020 às 20:27:45

O jornalista Octavio Guedes, da GloboNews, foi vítima de uma fake news compartilhada por filhos do presidente Jair Bolsonaro. Flávio, que é senador, e Eduardo, deputado federal, publicaram um vídeo em que foi distorcida a análise do profissional do canal pago sobre a pesquisa Datafolha que indicou aumento da aprovação do governo.

No material, extraído durante o programa Em Ponto da última sexta-feira, a família Bolsonaro diz que Octavio Guedes chamou de "pobres estúpidos" os brasileiros de baixa renda entrevistados pelo Datafolha que aprovam o presidente. A publicação de Flávio e Eduardo é mentirosa.

Para manipular o vídeo, o autor alterou a fala do jornalista da GloboNews, que disse algo totalmente diferente para a colega Julia Duailibi: "Se eu tivesse que fazer uma manchete sobre o seu comentário, eu faria: 'É o pobre, estúpido’. É isso que fez mudar o pêndulo'".

O vídeo mentiroso ultrapassou 600 mil visualizações somando os perfis de Flávio e Eduardo Bolsonaro no Instagram. No Instagram de Octavio, que não é  atualizado desde novembro de 2019, a publicação mais recente recebeu milhares de xingamentos e ameaças de bolsonaristas.

Octavio Guedes se pronunciou no Twitter, explicou a frase distorcida no vídeo compartilhado pela família Bolsonaro e disse que sua fala foi deturpada.

"Venho sofrendo [ataques] desde sexta-feira, quando deturparam minha fala inspirada na célebre frase de James Carville, marqueteiro de Bill  Clinton. Disse Carville: 'É a economia, estúpido', para explicar o foco que a campanha deveria ter. Parafraseei: 'É o pobre, estúpido', para explicar a melhora na avaliação do governo Bolsonaro, em parte ancorada pelas classes mais populares. Roubaram a vírgula, sequestraram a referência e extorquiram o contexto. O pobre virou estúpido", escreveu o jornalista.

Mais Notícias