Reportar erro
Tragédia

GloboNews e BandNews se destacam na cobertura ao vivo de explosão em Beirute

Canal da Globo não interrompeu cobertura

GloboNews imagem
GloboNews cobriu explosão em Beirute - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 04/08/2020 às 14:41:00

Uma forte explosão atingiu uma região de Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4) e emissoras do mundo todo fazem cobertura sobre o assunto. No Brasil, GloboNewsBandNews passaram a noticiar a tragédia minutos depois do ocorrido. A CNN Brasil e a Record News apresentaram as principais informações da situação e depois foram tratar de outros assuntos.

No canal pago do Grupo Globo, o Estúdio I contextualizou o assunto e transmitiu os primeiros detalhes, como a morte de pelo menos 10 pessoas e dezenas de outras feridas. Guga Chacra, correspondente internacional da emissora, comentou as possibilidades da explosão, como um atentado terrorista, já que a região vive um clima político instável.

Já a BandNews focou numa cobertura com mais informação e menos opinião. Os repórteres explicaram o momento em que aconteceu o acidente e apresentaram imagens da explosão.

GloboNews e BandNews se destacam na cobertura ao vivo de explosão em Beirute

A CNN Brasil trouxe os detalhes iniciais minutos depois da explosão, mas ficou cerca de 30 minutos exibindo outras reportagens. Por volta das 14h10, a emissora retornou com novas informações e Yasmin Mussalam Al Masri, uma libanesa que estava próxima do local do acidente, relatou a sensação de ter ficado tão perto do local.

GloboNews e BandNews se destacam na cobertura ao vivo de explosão em Beirute

A Record News contou o que houve ao público, contudo, seguiu com sua programação normal e exibiu um programa religioso no horário. No YouTube, alguns inscritos reclamaram por não seguir com a cobertura.

GloboNews e BandNews se destacam na cobertura ao vivo de explosão em Beirute

A explosão

Ainda não há detalhes sobre o número de pessoas que foram feridas e o motivo da explosão. As autoridades locais abriram investigação e, ao mesmo tempo, buscam apagar o incêndio. Casas e prédios tiveram suas janelas destruídas e as imagens de Beirute chocaram os telespectadores.

A tragédia é um dos principais temas das redes sociais. Líderes mundiais já começaram a se manifestar em solidariedade ao Líbano e o pedido é que se descubra de quem foi a responsabilidade da explosão.

Mais Notícias