Luto

Emissoras de TV esperaram Band para noticiar a morte de Ricardo Boechat

Divulgação

Publicado em 11/02/2019 às 17:03:24 ,
atualizado em 12/02/2019 às 10:57:22

Por: Gabriel Vaquer

A notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, no início da tarde desta segunda-feira (11), chegou às redações das emissoras por volta de 13h30, mas todos os canais esperaram a Band noticiar seu falecimento para darem o fato.

A apuração feita pelo NaTelinha constou que o SBT foi o primeiro a chegar ao local do ocorrido, na altura do km 7 do Rodoanel na Rodovia Anhanguera, por volta das 12h30. Já lá, a emissora de Silvio Santos recebeu a notícia da possibilidade, confirmada alguns minutos depois.

O canal só deu a notícia, em rede, às 15h, dentro do "Fofocalizando". No Rio, o jornal "SBT Rio" só falou por volta das 14h, pouco após a Band.

Já na Record TV e na Globo, o mesmo procedimento foi adotado. Reinaldo Gottino, apresentador do "Balanço Geral SP", tentou ligar para Boechat assim que recebeu a ligação, mas tal telefonema caiu na caixa postal. A emissora preferiu esperar a confirmação da Band, um minuto depois do plantão do canal do Morumbi.

O "Jornal Hoje" só noticiou o fato às 13h54, dois minutos depois da casa de Boechat. Dony de Nuccio e Sandra Annenberg ficaram emocionados. O âncora confessou que jamais imaginaria ter que dar a notícia de alguém que admirava tanto.

A Band abriu plantão com José Luiz Datena, sendo chamado pelo ex-jogador Neto, que apresentava "Os Donos da Bola". Datena se emocionou e entregou o horário para o "Melhor da Tarde", com Cátia Fonseca, que também se emocionou ao falar do colega. Pouco depois, o jornalista reassumiu o horário e ficou praticamente a tarde toda no ar.

Na RedeTV!, o mesmo expediente foi adotado. No ar, estava com um programa em horário vendido (concessionário), que poderia ter sido pausado para a entrada de um plantão. Mesmo assim, decidiu-se por esperar a primeira informação da Band.

Trajetória

Ricardo Boechat foi um dos jornalistas mais respeitados do Brasil. Prestigiado, é o recordista de prêmios do Comunique-se e venceu três vezes o troféu Esso.

Boechat iniciou sua carreira na década de 70, escrevendo em jornais como O Globo, Jornal do Brasil, O Estado de São Paulo, entre outros.

Também fez parte do casting da Globo. A partir de 1996, foi comentarista diário no “Bom Dia Brasil”, além de ter trabalhado no “Jornal da Globo”. Sua saída aconteceu em 2001, de forma polêmica.

Ao longo da sua extensa carreira, passou pelo SBT e foi diretor de jornalismo da Band. Atualmente, era contratado para ser âncora da Band News FM e do “Jornal da Band”. Também escrevia para a revista IstoÉ.

Além de ganhar a credibilidade do mercado publicitário, Boechat tinha o carinho do público e respeito dos seus colegas de trabalho.

Conhecido pela personalidade forte, marcada por opiniões controversas, Ricardo nunca deixou o bom humor de lado e sua carreira será marcada pelo bom profissional que foi e pela facilidade em dialogar com as pessoas.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!