Veruska Seibel

Mulher de Ricardo Boechat diz: "Pior dia da minha vida"

Ricardo Boechat morreu nesta segunda-feira (11), em trágico acidente de helicóptero


Ricardo Boechat e Veruska Seibel abraçados
Reprodução/Instagram

Também jornalista, a esposa de Ricardo Boechat foi categórica ao comentar a morte do marido, nesta segunda-feira (11), nas redes sociais.

"Pior dia da minha vida", publicou Veruska Seibel no Instagram, com uma foto em que aparece abraçada a Boechat. Ambos eram casados desde 2005.

Em entrevista à TV Globo, ela contou que Boechat queria almoçar em casa antes de ir para a Band. O jornalista vinha de helicóptero uma palestra em Campinas para iniciar o seu expediente na emissora, onde prepararia o "Jornal da Band". De manhã, ele participou do seu tradicional programa na rádio Band News FM.

A aeronave caiu na rodovia Anhanguera, na altura do km 7 do Rodoanel, em São Paulo, e se chocou com um caminhão. Piloto e Boechat morreram na hora. O motorista sofreu ferimentos leves.

Pouco após o ocorrido, José Luiz Datena entrou com o "Brasil Urgente" para uma cobertura completa sobre a tragédia. No ar, vem entrevistando amigos e colegas jornalistas, como Bóris Casoy, Carlos Nascimento, Roberto Cabrini, entre outros.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, entrou por telefone para também lamentar a perda. Governador de São Paulo, João Doria Jr. foi outro a falar ao vivo, por meio de um link na capital paulista.

Ricardo Boechat deixa seis filhos e um legado para o jornalismo brasileiro.

Trajetória

Ricardo Boechat foi um dos jornalistas mais respeitados do Brasil. Prestigiado, é o recordista de prêmios do Comunique-se e venceu três vezes o troféu Esso.

Boechat iniciou sua carreira na década de 70, escrevendo em jornais como O Globo, Jornal do Brasil, O Estado de São Paulo, entre outros.

Também fez parte do casting da Globo. Na década de 1999, foi comentarista diário no “Bom Dia Brasil”, além de ter trabalhado no “Jornal da Globo”. Sua saída foi em 2001, de forma polêmica.

Ao longo da sua extensa carreira, passou pelo SBT e foi diretor de jornalismo da Band. Atualmente, era contratado para ser âncora da Band News FM e do “Jornal da Band”. Também escrevia para a revista IstoÉ.

Além de ganhar a credibilidade do mercado publicitário, Boechat tinha o carinho do público e respeito dos seus colegas de trabalho.

Conhecido pela personalidade forte, marcada por opiniões controversas, Ricardo nunca deixou o bom humor de lado e sua carreira será marcada pelo bom profissional que foi e pela facilidade em dialogar com as pessoas.

Mais Notícias