Ascensão

Protagonista de Pantanal, Marcos Palmeira se compara a Mion: "Loucura"

Ator esteve no elenco da versão original, de 1990, quando estava no início da carreira


À direita, Marcos Palmeira como José Leôncio no remake de Pantanal; à esquerda, Marcos Mion apresenta o Caldeirão na Globo
"Imagino que meu sentimento seja o mesmo do Marcos Mion entrando na Globo", disse Marcos Palmeira sobre protagonizar nova versão de Pantanal - Fotos: Divulgação/Globo

Marcos Palmeira estava em início de carreira quando deu vida ao peão Tadeu de Pantanal, clássico de 1990 na Manchete que ganhará um remake na Globo, no ar a partir de março. Na nova versão, o ator será o protagonista da história, José Leôncio. Em entrevista divulgada neste domingo (30), ele comparou essa experiência à recente contratação de Marcos Mion para assumir o Caldeirão na Globo.

“Hoje, mais de 30 anos depois, estar fazendo o Zé Leôncio é uma loucura na minha vida. Imagino que meu sentimento seja o mesmo do Marcos Mion entrando na Globo”, definiu Marcos Palmeira em entrevista ao site da colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo. No ano passado, o ex-apresentador da Record mostrou euforia na chegada à nova emissora.

Na primeira versão de Pantanal, o ator deu vida a um filho bastardo de José Leôncio, interpretado por Cláudio Marzo naquela ocasião. Tadeu era fruto de um romance do fazendeiro com a cozinheira Filó (Jussara Freire). No remake da história de Benedito Ruy Barbosa, a empregada será interpretada por Dira Paes.

Em 1990, Cláudio Marzo deu vida não apenas ao protagonista José Leôncio, mas também ao pai dele, Joventino, que morre na primeira fase e retorna na atualidade como o Velho do Rio. Trata-se de uma aparição que, dizem, se transforma em sucuri. Na novela da Globo, o papel caberá a Osmar Prado.

Pantanal estreia em 28 de março; estreia foi adiada em duas semanas por nova onda de Covid-19

imagem-texto

A nova onda da pandemia de Covid-19, com a variante Ômicron, adiou a data de estreia de Pantanal na Globo em duas semanas. Antes prevista para estrear no dia 14 de março, a superproteção agora começará em 28 de março. Isso porque houve contágios entre os atores e produção – como Bruna Linzmeyer, Selma Egrei, Leticia Salles e o diretor Rogério Gomes – e as gravações sofreram atraso.

Pantanal tem autoria de Bruno Luperi, com supervisão de texto do seu avô, Benedito Ruy Barbosa, escritor da versão original da novela. A jovem atriz Alanis Guillen, de Malhação: Toda Forma de Amar (2019), foi escolhida para ser a nova Juma Marruá, papel eternizado por Cristiana Oliveira na produção exibida em 1990 pela TV Manchete.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos